Vocês sabem que eu adoro contar histórias da minha vida aqui no Muito chique, mas hoje não vou contar nada que tenha acontecido comigo, vou contar algo que aconteceu com outra pessoa. Eu tenho uma amiga que é muito impulsiva. Vamos chamá-la de Bela, que não é nem seu nome nem seu apelido.  Bela é uma pessoa muito intensa nos seus relacionamentos e é uma daquelas pessoas que aparentemente só está feliz se estiver namorando ou casada. E já casou algumas vezes e está casada no momento. Mas o assunto é tatuagem, e contei a história da Bela porque ela fez uma tattoo gigante sobre um dos seus relacionamentos . O que eu quero dizer é que tem pessoas, com personalidades mais volúveis e intensas, que hoje querem uma coisa, amanhã não querem mais, e isso pode causar dor real.

Ela é a única pessoa que eu conheço que realmente fez o procedimento de apagar tatuagem e é dela que colhi as informações para o posto. Estive com ela durante esse processo e sei do que se trata. Busquei também as novidades nesse sentido e conto tudo para vocês nesse post.

Processo de remoção de tatuagem

 

O processo é a laser. Ou seja, a tinta escura é atraída pelo calor e é destruída por ele. É assim que funciona a depilação à laser também. Mas o que acontece é que essa tecnologia tem um limite. Se é um jato de calor absurdamente poderoso, a ponto de destruir uma molécula de tinta ( ou um folículo de pelo, no caso da depilação ) , tem que queimar somente o que ele quer destruir e nada mais, certo? Caso contrário seria uma queimadura de terceiro grau, e não uma retirada de tatuagem.

A verdade é que esse laser é atraído pelo escuro da tinta, pelo escuro do pelo também. E não queima o que é claro. Então, se temos um jato de calor poderosíssimo que queima e destrói o que ele identifica como escuro, o que pode acontecer com as peles morenas e negras? Queimaduras! Bela tem a pele bem morena. Então você já começa a entender por que eu escolhi contar a história dela para vocês e não apenas sair falando do procedimento.

Remover tatuagem dói?

Na pele morena, uma parte do calor que iria para a tinta fica na pele. Ou seja, o processo é bem dolorido, são miniqueimaduras desconfortáveis. Bela dizia que parecia que uma ponta de cristal grossa ia lentamente rasgando sua pele mais fundo do que a agulha da tatuagem. Tenha em mente essa informação antes de fazer uma tatuagem e na hora de removê-la também.

Remoção de tatuagem deixa cicatriz ?

A parte removida ficou mais clara do que a pele. Como uma ENORME cicatriz. Ou seja, na pele morena, parece que foi feita uma tatuagem ao contrário. O desenho mais branco, e com traços mais grosseiros,  do que a pele. Até sair essa cicatriz demorou anos e anos. Toda essa história demorou dez sessões caríssimas e muito doloridas.

Novidades em matéria de remoção de tatuagem

Aqui em Porto Alegre estive em uma clínica que tinha uma máquina que fazia o seguinte procedimento: logo após o jato de calor para destruir a tinta, ela enviava uma jato super gelado para equilibrar. Dá nervoso até de pensar em uma coisa que queima seguida de algo congelante, mas o tratamento dá mais conforto e pode ser procurado aí na cidade de vocês. E, sim, é ainda mais caro do que remoção á laser.