Se você chegou a esse post procurando pelos sintomas porque acha que talvez possa ser o seu caso, tenho certeza de que já ouviu por aí sobre dizerem que alergia a glúten é " Modinha ". Eu fico revoltada uado ouço isso. Agora como que pode alguém ter sintomas tão desconfortáveis só para estar na moda, eu não sei. Ser um celíaco, que é o nome certinho de quem tem essa alergia, é algo que pode deixar o seu dia a dia bastante controlado e pode não ser algo muito fácil.


Sintomas de intolerância ao glúten

Os sintomas variam de pessoa para pessoa mas o que é preciso dizer inicialmente é que a doença celíaca é muito comum. Acredita-se que 10% da população tenha alergia ao glúten em algum grau e isso é bastante gente. De uns tempos para cá, algumas empresas desenvolveram linhas de produtos ( bons e gostosos ) sem trigo e trouxe mais conforto para quem vivia em grande restrição. O trigo é a base da nossa culinária então é normal se sentir escanteado em jantares, comemorações e por aí vai.  Nem a cerveja do final de semana ( para quem consome, claro ) estava cortada definitivamente.

Sintomas de intolerância ao glúten: gerais

Alguns sintomas são mais gerais e acontecem com quase todos os que tem doença celíaca. A dor de cabeça, por exemplo é uma das queixas constantes. A sensação de inchaço após se alimentar indica que algo não está bem.  Falando em sintomas comuns, experimentar problemas digestivos é normal, mas casos regulares de diarreia e constipação podem ser um sinal de intolerância ao glúten.

Outros sintomas comuns como a dor abdominal, que pode confundir com uma infinidade de outros problemas de saúde. E também a dor nas articulações e nos músculos, depressão ou ansiedade, confusão (ou desorientação) e anemia.

Sintomas de intolerância ao glúten: na boca

Em uma outra gama de problemas vão aqueles decorrentes do mau funcionamento do intestino delgado e a má absorção de vitamina D e cálcio, que aumentam a incidência de cáries, e vitamina B12 e ferro, que podem contribuir para maior incidência de aftas. Um dentista atento pode identificar outros sintomas como bruxismo, hipoplasia do esmalte (deficiência na formação do esmalte dental), manchas por deficiência ou excesso de cálcio, erosões, aftas, herpes.

Cerca de 5 a 15% das pessoas com doença celíaca têm Síndrome da boca seca. As glândulas salivares não produzem saliva suficiente, o que gera maior incidência de cáries e de aftas, dificuldade para mastigar e engolir os alimentos, ardência na língua e mucosas.

Se você identificou alguns desses sintomas no seu dia a dia, especialmente depois de comer, pense em ir ao especialista rapidamente. Algumas modificações na sua dieta te trarão muitos benefícios.