Quem sofre com a dor das cólicas sabe como elas atrapalham a vida da gente. Tem alguns meses em que ela pode ser tão intensa que impede a mulher de estudar, trabalhar até mesmo de pensar. Somente após uma medicação forte ela dá uma trégua. Você se identificou com essa situação? Se sim, o assunto do post de hoje aqui do Muito chique é para você. Vamos esclarecer as dúvidas sobre cólicas, respondendo algumas perguntas que não saem da nossa cabeça: O que são? Por que eu? Como fazer parar?

 

Quem sente cólicas?

Não é apenas você e eu que temos esse problema. A dor menstrual é uma das características mais marcantes desse período, sendo que cerca de até 90% das mulheres em idade reprodutiva relatam a prevalência deste sintoma. Ou seja, é um sofrimento coletivo e, mesmo em 2021, a gente ainda passa por isso.

Afinal, o que são as cólicas?

No ciclo menstrual de uma pessoa saudável, existe uma fase em que o útero desenvolve uma camada interna, chamada endométrio, que é responsável por acolher o embrião. Porém, se o óvulo não foi fecundado, o endométrio tem de ser eliminado na menstruação. É como se o seu útero fosse descascado por dentro, e para isso são necessárias pequenas contrações. Quanto maior o esforço para que o endométrio saia, em forma de sangue menstrual, maior a intensidade da cólica. Ou seja, sim, é algo natural que faz parte do seu ciclo.

Algumas mulheres não sentem cólica. Por que?

E, como cada uma de nós é única, as dores variam de pessoa para pessoa. Os fatores individuais é que vão determinar isso: tamanho do útero, a idade e os hábitos de cada mulher.

Como diminuir a dor das cólicas

Se o dia a dia da gente está muito corrido, com muito estresse, as cólicas aumentam. Algumas dicas são fundamentais para diminuir os sintomas mas, se a seu estilo de vida ainda for estressante, pode ser que as dicas não adiantem muito. Exercícios físicos, meditação, melhora na alimentação, bolsa de água quente, analgésicos com prescrição médica, sempre diminuem as cólicas.