Uma coisa que aprendi há muito tempo atrás e, guardo para a vida, é que nunca devemos subestimar o poder dos chás. Quanto mais aprendemos sobre chás, mais esse conhecimento nos transforma de um jeito positivo. Se o colocamos em prática, claro. Não é à toa que os chás são considerados " coisa de velho ", porque os chás são cheios de conhecimento, e isso a idade traz para nós. Bom, deixando essa parte mais reflexiva de lado, o assunto de hoje aqui no Muito chique é a erva- doce, que não necessariamente é restrita aos chás. Mas afinal, para que serve essa erva?

Poder calmante da erva-doce

 

Todo mundo, em algum momento de estresse, já deve ter ouvido o famoso " Toma um chazinho de erva-doce para acalmar." . Mas será que funciona mesmo? Sim, a erva- doce, em forma do seu chá, ajuda a relaxar de forma bastante eficaz. Por isso, uma das dicas que temos para o uso do chá de erva-doce, é que ele não seja tomado quando você precisa estar desperta, como o caso do café da manhã.

O ideal é que ele seja consumido à noite, puro e sem acompanhamentos.Graças a esse feito calmante, a erva-doce ajuda a aliviar cólicas intestinais. E, por ser diurética, também ajuda na diminuição do inchaço e desintoxicação.

O que é erva-doce?

Mas afinal, o que é a erva- doce? Ela também é conhecida por  anis-verde, anis e pimpinela-branca. Ela  é uma planta medicinal da família Apiaceae. Suas folhinhas são fendidas, suas flores são brancas e só tem uma semente de sabor adocicado. E vem daí o gostinho que associamos quando pensamos em erva-doce. Essa plantinha é pequena, não passa dos 50cm e  possui nome científico de Pimpinella anisum. Os usos mais comuns são para ajudar no sintomas da para gastrite, inchaço abdominal, má digestão, gases e dor de cabeça devido as propriedades analgésicas, anti-inflamatórias e antidispéptica.

Como fazer o chá de erva-doce?

O chá de erva-doce serve para melhorar os sintomas de gripe e resfriado, como tosse, coriza e catarro. Este chá também é bastante conhecido por estimular a produção de leite materno.

Ingredientes

1 colher (de chá) de erva-doce seca;
1 xícara de água.
Modo de uso

Para preparar o chá deve-se ferver a água, depois colocar esta água em uma xícara junto com a erva-doce. Em seguida, é preciso tapar e deixar descansar de 3 a 5 minutos e depois coar e beber a seguir.

 

Aroma de erva-doce

Além disso tudo, eu amo demais o aroma da erva-doce. Ele me dá uma sensação boa de paz, de lugar calmo e confiável. Sempre compro sabonetes e cremes de erva- doce. E vocês, também gostam?