Os médicos ainda não têm um consenso sobre as causas da endometriose, algumas hipóteses fazem muito sentido como o caso da genética ( se alguma mulher da sal família tem, é possível que essa seja a causa ) , cirurgias que não deram muito certo e alguns casos, não se sabe realmente a causa da endometriose. A verdade mesmo é que os pesquisadores dessa doença não sabem porque o tecido endometrial cresce fora dos órgãos reprodutivos, como no intestino. Nesse caso, a endometriose profunda recebe o nome de endometriose de intestino.
Onde é mais comum aparecer a endometriose de intestino


Saiba mais sobre a endometriose de intestino

A endometriose de intestino hoje aparecer em vários locais sendo os locais mais comuns os abaixo segundo a ordem:
Reto 67%;
Sigmoide 18%;
Apêndice 6%;
Íleo 5%;
Ceco 4%;


Sintomas da endometriose de intestino

É comum ficar sabendo que está com endometriose de intestino por causa da dor muito intensa na região pélvica mas não é só esse sintoma que indica que você precisa ir ao médico para investigar é pedir exames para tratar essa doença. Caso você observe dor para evacuar no período menstrual, ou diarreia, pode ser que precise de uma investigação. Outro sintoma comum também é a sensação de evacuação incompleta.

Tratamentos para a endometriose de intestino

Existem estudos que indicam uma dieta específica com fibras para o tratamento da endometriose de intestino. Porém sabemos que a dieta, poderá ajudar a amenizar os sintomas que costumam ser muito doloridos. Outros tratamentos indicados para os sintomas são a medicação para a dor e o tratamento hormonal. Para o caso da endometriose intestinal o tratamento definitivo é o cirúrgico.


Cirurgia para endometriose intestinal

Vamos falar agora um pouco sobre a cirurgia específica para a retirada do tecido endometrial do intestino. O ideal é que a cirurgia seja feita e que o intestino fique intacto, mas nem sempre isso acontece. Para remover as fibroses, tempo às vezes é necessário que se feche alguns orifícios do intestino que ficaram comprometidos. Nos casos mais graves esses orifícios não podem ser fechados, e é necessário remover uma parte dele. É necessário procurar um profissional especializado.