A gastrite tem sintomas que diminuem muito a qualidade de vida  da pessoa, sendo a dor o pior deles. A queimação, a azia e outros também fazem com que o dia a dia de quem está com gastrite seja bem difícil. Para amenizar alguns dos sintomas reunimos nesse post algumas dicas que podem ser inseridas no seu cotidiano de forma a fazer com que os sintomas diminuam. Não é um tratamento para essa doença, que precisa de um acompanhamento de um médico especialista, e remédios. As dicas amenizam os sintomas e faz com que a doença não se agrave ainda mais.

Aumente o número de refeições por dia

Como de quatro a cinco refeições por dia – com calma, em poucas quantidades. Isso evitará que o estômago fique vazio (já que, quando vazio, o suco gástrico corroerá suas paredes, agravando a ferida). Um excelente calmante para a muscosa machucada do estômago é o suco de batata crua.

Chás para gastrite

Os chás de Hortelã e alecrim  são poderosos aliados da boa digestão. Eles também são calmantes digestivos, já que diminuem a acidez do estômago. Para diminuir os sintomas, tome uma xícara de um dos chás, 30 minutos antes das refeições. O alívio pode ser sentido a partir do primeiro dia.

O que tomar no café da manhã

O café da manhã será sem café, tome chás clarinhos no lugar. Prefira o pão sem miolo integral. Queijo branco, ricota, evitando os amarelos e gordurosos. Como  a gastrite mata as bactérias boas do estômago e, e sem elas, o tecido não se recupera, é necessário repor os lactobacilos. O ideal é  povoar o estômago com bactérias benéficas e, assim, ajudar na cura. Tome iogurtes naturais ou Yakult com lactobacilos.

 

Fuja das frutas ácidas

A acidez das frutas vai agravar o problema da gastrite e provocar dor. Evite limão, abacaxi, maracujá, laranja, tangerina, morango.

Cuidado com os temperos

Pelo mesmo motivo das frutas ácidas, evite o vinagre, comidas condimentadas com pimentas, temperos fortes, picles, molhos e extratos industrializados.