Com tantas pessoas já vacinadas contra a Covid-19, chegou aquele momento de retornar às atividades físicas. Mesmo com o uso das academias liberados há mais de um ano, nunca acreditei que fosse realmente viável ficar trancado em u local cheio para " ter mais saúde ".  Acredito que esse é o momento para sair das quatro paredes do ginásio aproveite para juntar o útil – ficar longe do sedentarismo -de se exercitar ao agradável de ser ao ar livre.

group of friends or sportsmen exercising outdoors

Por que praticar exercícios ao ar livre

São  vários os benefícios, desde a facilidade de horários até à sua utilização gratuita. Você pode sair e voltar da sua casa a hora que quiser. Leve sua toalha, seu colchonetinho se precisar sentar na grama e é isso. Também vale para quem gosta de se exercitar na areia da praia ou na beira de um rio, se na sua cidade tiver essa possibilidade.

Dicas de exercícios ao ar livre

As dicas para exercícios ao ar livre é investir seu planejamento nas  caminhadas, corridas, andar de bicicleta ou ainda realizar exercícios específicos que utilizam apenas a gravidade e o seu peso corporal sem necessidade de recorrer a equipamento. Não use acessórios para não ter que deslocar nada, vá sem nada mesmo.

 

Use o banco da pracinha

 

Sente-se no banco da praça e coloque as mãos encostadas às suas ancas. Deixe os glúteos deslizarem para a frente, ficando apenas com as mãos de suporte. Realize uma flexão dos braços através dos seus cotovelos até os braços estarem paralelos com o chão,  retorne à posição inicial.

Flexão de tronco no banco da praça

De frente para o banco coloque as suas mãos na zona onde se costuma sentar. Dê pequenos passos atrás até ficar com as suas pernas completamente estendidas e com os segmentos corporais alinhados. Realize uma flexão dos braços aproximando o seu peito do banco, volte a estender os braços. Veja se tem condições de levantar o peso do seu corpo para que esse exercício fique seguro e você não caia.

Use até as árvores para se exercitar

 

Esse é a boa e velha prancha, mas com auxílio de uma árvore. De costas para uma árvore, coloque as mãos e joelhos no chão. Apoie os cotovelos sobre o solo e apoie a planta dos pés na árvore. Realize uma extensão das pernas ficando com o corpo paralelo ao chão, aguente por uns segundos.