O corpo da gente é uma máquina bastante complexa. Tudo existe para combinar com perfeição e funcionar. Quando algum nutriente falta no nosso  organismo, ele resiste ao máximo até dar sinais de que as coisas precisam melhorar. E como resiste! Os sintomas são um alerta para que tomemos as medidas necessárias para que a ordem volte. Uma vida inteira de má alimentação não pode dar certo, uma hora os sintomas aparecem.


Quem tem anemia?

Um dos sintomas de privação de nutrientes muito comum é a anemia. Segundo a OMS ( Organização Mundial da Saúde ), cerca de 2 bilhões de pessoas sofrem de anemia. Sobretudo crianças, mulheres em idade fértil e gestantes. Nosso post de hoje não é voltado especificamente para nenhum desses públicos, e sim para todas as pessoas que tem interesse em melhorar sua saúde através da alimentação. E, claro, mesmo quem tem todos os cuidados com a nutrição, conhecimento é uma arma poderosa que ajuda e nos defende.

Dá para conviver com a anemia ?

Porque essa preocupação com a anemia? Por que ela piora consideravelmente a qualidade de vida de quem possui essa doença. O cansaço, a fraqueza, dores de cabeça impedem que a vida da pessoa seja plena, seja produtiva e consequentemente feliz. E cuidar da saúde tem muito mais a ver com felicidade do que com qualquer outra coisa.

Anemia e sintomas inusitados

Além dos já citados sintomas, existe um que é bastante inusitado, não sei se você já ouviu falar, é que pessoa com deficiência de ferro pode ter apetite por coisas ou substâncias não alimentares como: terra, gelo, macarrão cru, limão, giz, etc.  Como disse lá acima, o nosso corpo reage o tempo todo querendo nos defender, muitas vezes de nós mesmos.

Alimentos que devem ser evitados no tratamento da anemia

Como é uma doença que se manifesta no sangue, e essencial pensar em equilíbrio. E, em se tratando de compostos químicos ( o sangue é pura química ) existem os que combinam entre si, e os que não combinam. Uma das “descombinações” mais conhecidas é o cálcio + ferro! Esses dois nutrientes disputam a absorção no organismo e, nesse caso, a competição é mais favorável ao cálcio, portando ficamos carentes de ferro. É sempre recomendável evitar fontes de cálcio (leite, queijos, iogurtes e etc.) nas refeições principais como almoço ou jantar, onde consumimos mais alimentos com ferro. Organize suas refeições durante seu tratamento para anemia!