Nunca na história do mundos dos alimentos, falou-se tanto em o que comer para aumentar a imunidade. Infelizmente não damos  devida atenção à nossa alimentação como deveríamos e, quando precisamos contar com o corpo sadio, nos damos conta que isso é uma construção. Não adianta tomar um copo de suco verde um dia da sua vida se nos demais você se descuida e não é equilibrado na hora das refeições. O que vamos ver nesse post são informações sobre alimentos que devem estar todos os dias na sua mesa, fazendo parte do seu cotidiano e da sua lista de compras. Combinado?


O que são alimentos anti-inflamatórios?

Quando falamos de alimentos com ação anti-inflamatória, dizemos que o consumo deles de forma regular é  uma forma de combater a inflamação causada pela ingestão de alimentos ricos em toxinas e substâncias pró-inflamatórias.

Alimentos anti-inflamatórios e a dieta equilibrada

A longo prazo os prejuízos dessa ingestão de toxinas pode predispor o seu corpo à diversas doenças crônicas não transmissíveis como diabetes, alteração de colesterol e triglicerídeos, obesidade, artrite, entre outras. Ou seja, retomando o que falamos acima, não é uma dieta com resultados imunológicos para amanhã, mas é um estilo de vida saudável e compensador.

Como consumir mais alimentos anti-inflamatórios?

Dois temperos que devem estar na lista de quem quer consumir alimentos anti-inflamatórios são o gengibre e a cúrcuma ( ingrediente ativo do açafrão ).  Tenha sempre em casa e use nas suas receitas. O gengibre, além do gosto maravilhoso e marcante têm propriedades :antioxidante, digestiva, antiemética, estimula a circulação e é um eficaz anti-inflamatório. Já a cúrcuma, provou ser comparável aos remédios usados ​​para neutralizar a inflamação, tais como a cortisona, mas sem os efeitos colaterais típicos. Entre outras funções, a cúrcuma é um remédio bom para muitos males. Tem que estar na sua prateleira, ou não?

Quais são os alimentos anti-inflamatórios?

Na hora de fazer sua lista de frutas, coloque aí: limão, kiwi, morango, uva, maçã, mamão e laranja. Elas vão compensar um pouco a ingestão de carnes, de embutidos, de refrigerantes, que são alimentos inflamatórios.

Alguns petiscos e lanches podem ser aliados e não vilões, sabiam? A azeitona, abacate, castanhas, nozes devem ser colocadas na nossa dieta. Outro alimento que não pode faltar e que fica bom em quase tudo é a cebola! Ela possui uma grande quantidade de antioxidantes e também tem ação anti-inflamatória.

Viram? Não é difícil ter uma alimentação equilibrada e são muitos os benefícios para quem tem a dieta anti-inflamatória fazendo parte do seu dia a dia.