Se existe um tratamento antiidade que eu recomendo é o peeling. No post de hoje falaremos sobre os vários tipos de peelings e suas indicações. Existe o peeling químico, o físico, o de diamante, cristal e vários outros, é comum que a gente confunda e acabe procurando um tratamento que é acima do que precisamos ou que não faça diferença. Vamos ajustar as informações às necessidades. Vamos juntas conhecer os peelings !


O que é peeling ?

O peeling é um tratamento estético que visa a retirada de camadas externas da pele, para que ela se renove.  Ela cai e surge outra nova, saudável e sem manchas no lugar. Eles podem acontecer de forma superficial, média ou profunda e daí vem todas as diferenças entre um tratamento e outro.

Se você tem marcas profundas de acne, por exemplo, terá a indicação de um peeling químico bem abrasivo e profundo. Nesses casos, aplicado por dermatologista, em consultório e com anestesia local. Mas, se você quer apenas uma aparência mais iluminada e não tem rugas aparentes, pode fazer um peeling físico, que devolve o vigor da pele em uma única aplicação. São muitas as opções, é importante ter a recomendação exata do dermatologista para não se frustrar e investir errado.

Peeling indicado para manchas na pele

Uma boa opção para quem possui manchas na pele é fazer um peeling, um tipo de tratamento estético que corrige marcas, manchas, cicatrizes e lesões do envelhecimento, melhorando a aparência da pele. Uma ótima solução é o peeling químico com ácido retinóico.

 

Qual a diferença entre os tipos de peeling

Basicamente existem peelings químicos e peelings físicos. A diferença entre esses dois tipos é a forma como é feita a descamação da pele. Os químicos são feitos com ácidos e os físicos realizam uma espécie de lixamento em contato com a pele. Entre os peelings físicos estão a esfoliação caseira, o peeling de cristal e o de diamante. Já para os peelings químicos são usados ácidos como os aqui abaixo:

  •  Ácido glicólico e verochic: para manchas, rugas recentes e espinhas leves;
  • Ácido salicílico e ferúlico: para manchas medianas e espinhas intensas;
  • Ácido retinóico: para rejuvenescimento, rugas e manchas;
  • Ácido melanin e niacinamida: para rejuvenescimento, clareamento e manchas escuras.

Qual peeling ecolher

Escolher o peeling que você irá usar é uma tarefa difícil na hora de cuidar da sua pele. Detalhes como o tipo de ácido que há no produto, o seu tipo de pele e com que intensidade o peeling irá atuar são extremamente importantes para que você escolha o melhor produto.