O frio chegou e com ele a necessidade de usar roupas quentinhas e reprogramar os looks. A cada ano, novas tendências são aguardadas para a temporada da estação fria e, ficamos de olho para saber em que peças investirmos. Se tem uma tendência que pulou rapidamente das passarelas para as ruas foi o uso dos moletons  com uma pegada mais chique.  Unindo o útil ao agradável, os moletons chiques são a combinação perfeita para o inverno 2020.


Como criar looks com moletons chiques e estilosos

Mas não pense que é só tirar o moletom comprado na Disney, em 1995, do fundo do armário. Os casacos desse tecido para essa temporada são mais justos,  com estampas mais sóbrias e nada infantis. Continuam as frases e os símbolos das principais marcas, mas o Bob Esponja, por exemplo, está fora de questão.

Dicas para usar moletons chiques e estilosos

O tecido é muito casual, não marca o corpo e esquenta de forma moderada. O ideal mesmo para usar no dia a dia, em combinações com camisas de botão por baixo ou jaquetas de couro por cima. Saber usar os moletons com a pegada desse inverno, inclui algumas dicas de estilo e algum tempo experimentando na frente do espelho. Se você quer investir nessa peça, a dica master desse post é : combine com peças de tecidos nobres e acessórios.

Looks com moletons chiques e estilosos

A dica acima é o pulo do gato para fazer do seu moletonzinho, uma peça de estilo que sai da padaria e vai ao evento mais chique da cidade.  Combine com saias de tecido armado, por exemplo, e tenha um look de noite perfeito. Ouse pensar no tule e tafetá.  O moletom mesmo os de modelagem mais sequinha, ajustados ao corpo, criam um volume no corpo. Equilibre isso com outras peças, como a já citada, jaqueta de couro. As jaquetas jeans são boas aliadas.

Nós pés, outro segredo. Faça o mix hi-low. Se usou uma saia de tecido muito nobre e armado, arremate com um tênis All star. Se o moletom está com sobreposição em jeans, use uma sandália matadora ou um scarpin com acabamentos em vinil. O Bom mesmo dessa tendência é esquentar e abrir o processo criativo para muitas combinações possíveis, que podem estar lá no fundo do seu armário.