Se você não abre mão de uma calça xadrez, saiba que esse é um dos designs mais difundidos, reconhecíveis e onipresentes do mundo, com quase todas as cores disponíveis no mercado. Embora possa ser uma parte importante do código de vestimenta dos hipsters, o xadrez significou muitas coisas diferentes para muitas pessoas de variadas sociedades durante os milhares de anos em que as pessoas usavam aquele tecido icônico.


Se você adora calça xadrez, saiba que essa é uma das estampas mais onipresentes da moda atual. Os designers adoram o padrão e suas conotações que vão do punk ao formal. Considerando sua popularidade, a história da estampa xadrez pode surpreendê-lo. Confira!

Diferença entre xadrez e tartã

A maioria das pessoas não sabem a diferença entre xadrez e tartã. Tartã refere-se aos padrões únicos de tecidos que distinguem um clã ou região geográfica escocesa de outra. O Xadrez, como conhecemos, foi posteriormente apropriado por fabricantes britânicos e americanos, dos quais desenvolveram tecidos estampados que se assemelhavam ao tartã utilizado na Escócia.

Durante o século 18, o tartã foi proibido na Grã-Bretanha, uma vez que existia uma associação com o uniforme da Rebelião Escocesa de 1745 contra a união da Escócia e Inglaterra, tornando o padrão proibido no país por quase meio século sob a Lei do Vestuário. A estampa só voltou a aparecer em 1782, ganhando fama com os maravilhosos vestidos para ocasiões formais.

Foi apenas no século 19 que a estampa ganhou o nome de “xadrez”, dando seu salto da Europa para os EUA. Nessa época, o padrão era um item básico para pessoas que trabalhavam ao ar livre, como os lenhadores, tornando-se uma super tendência de roupas casuais, principalmente na temporada de inverno.

Xadrez em tudo

Desde a década de 70, o xadrez passou a ser estampa de praticamente tudo, desde roupas a elementos de decoração. Se tornando o símbolo do movimento grunge no início dos anos 90. Bandas, como Nirvana, The Breeders e Pearl Jam agitavam o xadrez em sua moda grunge. Apesar da reputação de contracultura da estampa xadrez, a cultura popular parecia determinada  a transformar a estampa em algo mais tradicional, incorporando o padrão às saias xadrez com suéter.

O xadrez hoje em dia

Atualmente, o xadrez é mais independente. Muitas peças estão fazendo referência aos anos 90 e ao estilo lumberjack do século 20. O que captamos da linha do tempo da estampa xadrez é que não importa a década, o padrão sempre carregará uma atmosfera de irreverência, seja a calça xadrez combinada com camisa branca para ir ao trabalho ou combinado com um look mais despojado compor um street wear. De qualquer forma, essa tendência nunca vai sair de moda. Agora é hora de aproveitar esse clássico fashion e mostrar que o xadrez pode render produções pra lá de cool e pode ser um aliado na hora de criar despojados do streetwear. Como essa estampa vem aparecendo a um bom tempo nas calças, dependendo da composição, pode deixar seu visual mais rock and roll ou clássico. Vale tudo quando o assunto são as calças xadrez!