Seja para ter uma vida mais fitness ou para economizar, levar marmitas para o trabalho é uma forma de se alimentar de forma mais organizada. As marmitas são práticas e pode ser a resposta para quem vem investindo em uma rotina de treinos pesada mas sem resultados. A alimentação é 70% dos resultados do seu treinamento e é necessário ter uma alimentação muito saudável para ver o corpo enxugando e os músculos aparecendo;


O hábito de fazer marmitas fica mais fácil a cada dia que passa e evita que você caia nas tentações que aparecem no meio do caminho. Vai valer muito a pena!

 

Medidas de alimentos para marmita da semana

Marmita boa é marmita saudável e as quantidades também influenciam nisso. Os nutricionistas recomendam seguir uma proporção do prato. A metodologia do programa desenvolvido pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, vai ser a nossa dica de quantidades de hoje. Anote aí:

  • ½ prato de verduras e legumes (crus ou cozidos)
  • ¼ de alimentos ricos em carboidratos (arroz, macarrão, batata, etc.)
  • ¼ com proteína vegetal (feijão, grão-de-bico, lentilha, etc.) e proteína animal (carne, frango, peixe, ovo, etc.)
  • 1 porção de fruta como sobremesa

Dicas para quem usa marmitas

  1. Os recipientes de vidro são os mais indicados para marmitas. Além de poder ir direto ao microondas.
  2. Fazer o próprio almoço é quase sempre mais barato do que comer fora.
  3. A ideia é preparar vários potes em um único dia e consumi-los ao longo da semana.
  4. Refrigerada em pote de vidro, a salada com proteína (carne, frango e atum) dura até dois dias, enquanto as versões sem proteína duram até cinco dias.

Salada criativa para marmita da semana

 

Dicas para organizar as marmitas da semana

Cardápio para marmitas de uma semana completa

Segunda-feira: alface americana, repolho, patinho moído, purê de batata doce, feijão.

Terça-feira: cenoura ralada, rúcula, frango grelhado, feijão.

Quarta-feira: alface americana, abobrinha refogada, frango desfiado com molho de tomate caseiro, grão-de-bico.

Quinta-feira: repolho, tomate, bife de patinho, brócolis, arroz integral.

Sexta-feira: rúcula, cenoura ralada, filé de tilápia assado ou grelhado, purê de mandioquinha salsa, grão-de-bico.

Sábado: alface mimosa, repolho, omelete com frango desfiado, lentilha, feijão.


Domingo: repolho roxo, tomate, carne bovina assada, mandioca cozida, vagem, arroz integral.