O Jejum intermitente ( chamado de JI nos grupos de discussão no Facebook e outras redes sociais ) é essencialmente um exercício de força de vontade e domínio do próprio corpo. Nisso também estamos falando de emoções. Ficar longos períodos sem se alimentar, somado a escolha de alimentos de baixo teor calórico, tem transformado a vida de muitas pessoas, inclusive de indivíduos extremamente obesos que já se encontravam sem esperanças de emagrecer.


O assunto jejum intermitente parece ser inesgotável. O interesse nesse tipo de comportamento alimentar, tem muitos adeptos entre os famosos e, até  posso dizer que boa parte desses praticantes são homens. E deve alguma explicação nisso! Me acompanhem na conversa desse post para descobrirmos mais sobre os efeitos do jejum intermitente no nosso corpo.

Jejum intermitente é plano alimentar

Não se trata de uma dieta, é um plano alimentar que envolve períodos de jejum – durante os quais você pode consumir apenas água, café e chá – e comer em certos períodos de tempo. Como nessas janelas, como são chamados os períodos de alimentação, está liberado comer todo tipo de alimento, alguns indivíduos acreditam ser mais fácil de seguir. Sim, você pode comer quase tudo o que quiser entre uma janela específica de tempo, embora a maioria dos programas recomende uma alimentação saudável quando você come

Não há uma maneira definida de fazer o Jejum. São protocolos diferentes. Não há garantias que um mais restritivo funciona melhor para todos.

Como fazer jejum intermitente

16: 8: Coma o que quiser (leia-se: sem contagem de calorias!) durante oito horas do dia e faça jejum intermitente no resto.

14:10: semelhante ao método 16: 8, mas você jejua apenas 14 horas e come por 10, facilitando o acompanhamento.

Os demais protocolos  não são indicados por deixarem o corpo tempo demais sem nutrientes gerando prejuízos irreversíveis ao metabolismo.


Como se alimentar fazendo o jejum intermitente?

A recomendação de especialistas é sempre começar devagar, fazendo dois a três dias de jejum intermitente durante a primeira semana e depois “aumentando gradualmente semana a semana”. O corpo não ficará tão carente de alimento e não responderá em forma de dor de cabeça e enjoos.

A imagem de ilustra esse post passa a ideia de alguns dos alimentos indicados para otimizar os protocolos de jejum intermitente. A ideia é que você consulte ( mesmo que via online ) um nutricionista.

Por que os homens obtém tanto sucesso fazendo o jejum intermitente?

Os homens, conforme falei no começo do post, conseguem fazer essa dieta de forma bastante eficiente pois não exige tantos preparos como uma dieta de baixa caloria. Basicamente o que monitoramos é o tempo. O ideal é que consigamos reduzir o tempo das janelas de alimentação e que tenhamos alimentos saudáveis no cardápio.


É possível emagrecer bastante  e de forma definitiva fazendo o jejum intermitente.