Está aberta a temporada de queijos e vinhos, do chocolate quente, da vontade de comer tudo gratinado. O frio traz esses desejos mais intensos e isso tem uma explicação científica. O nosso corpo tenta armazenar calorias, por que acha que ficaremos paradinhos esperando o inverno passar.

Mas, a vida segue exatamente do mesmo jeito, só a vontade de comer alimentos mais gorduroso e doces não passa. Quem já tem a alimentação mais regrada não sente tanta diferença assim. Mas, como somos muito espertas e sagazes, podemos usar o frio a nosso favor e tomar a topa turbinada que emagrece. Afinal, no calor, quem aguenta fazer dieta da sopa? Mas no frio ela cai super bem e combina com os dias de baixas temperaturas.

Como tomar a sopa que emagrece

A sopa, que é super nutritiva e balanceada, junta proteínas e fibras, com quantidade muito moderada de carboidratos de baixo índice glicêmico. Ou seja, ela sustenta bem, e vale como uma refeição normal. Substitua pelo almoço e pelo jantar e perca vários quilos.

Receita da sopa para emagrecer

Ingredientes:

·         200 g de carne vermelha ou de frango ou de tofu

·         Talo de aipo (1)

·         Talo de funcho (1)

·         Chuchu descascado (1)

·         Folhas de couve (2)

·         Repolho (2 folhas)

·         Cebola descascada (1)

·         Abobrinha descascada (1)

·         Batata (1) ou 1 pedaço médio de mandioca

·         Tablete de caldo de carne (1)

·         Pimenta-do-reino, sal e azeite de oliva a gosto para temperar

·         Água suficiente para cobrir a mistura

Modo de preparo:

Em uma panela, despeje todos os ingredientes, cubra com água e leve ao fogo. Deixe lá entre 15 e 20 minutos ou até ferver. Em seguida, bata tudo no liquidificador.

Como consumir essa deliciosa receitinha

Tome um ou dois pratos do caldo de quatro a cinco vezes por dia (inclusive no café da manhã, se não for substituí-lo ) e nos lanches intermediários. Dê um intervalo de três horas entre as refeições. Na ceia, tome um só prato.

As sopas deixam o corpo mais quentinho por dentro. Como consumimos de forma mais lenta, acalmamos nosso ímpeto de comer muito e vamos devagar e sempre.