O assunto hoje é super sério e tenho algumas informações importantes para passar para as leitoras. Federação Brasileira de Gastroenterologia afirma que mais da metade da população brasileira sofre de refluxo e isso significa que se você não sofre desse mal, é uma pessoa de sorte. O refluxo acontece quando o suco gástrico, que dissolve os alimentos e, por isso, é bem ácido, não flui como deveria e retorna em direção à boca. A sensação é de queimar tudo por dentro. Além da queimação existe a real possibilidade disso se transformar em dor e em inflamação. Como eu disse, o problema é grave e precisamos falar mais sobre ele.


Como tratar refluxo sem usar medicamentos

O remédio mais consumido para aplacar a dor e a queimação se chama Omeprazol.  Para você ter uma ideia, a venda desses medicamentos para refluxo movimenta entre R$25 e R$50 milhões. O problema é que este remédio não age na causa raiz da doença e os efeitos colaterais creditados a essa droga não são poucos. A ciência já alertou para o risco do consumo desenfreado desses medicamentos , por isso vamos dar uma elação de remédios naturais para combater o refluxo que você pode ter aí mesmo, na sua casa. Coloque no seu dia a dia esses alimentos que tratam o refluxo e a gastrite e resgatam o pH ideal do estômago, cicatrizam as mucosas e, por fim, exterminam as bactérias nocivas.

Alimentos que tratam do refluxo

Mel para refluxo

O mel é um alimento antibactericida  usado desde os tempos mais antigos e é muito útil no tratamento do refluxo.  Ele cria uma barreira protetora no esôfago para reparar os danos causados à mucosa.

Gengibre para refluxo

A dose adequada é de 1 a 1,5 gramas de gengibre em pó por dia, e pode ser tomado meia hora antes das refeições ou no momento em que sentir a azia.

 

Bicarbonato de sódio para refluxo


Ingredientes

1 colher (de café) de bicarbonato de sódio;
100 ml de água.
Modo de preparo

Misturar os ingredientes e tomar esta mistura em pequenos goles.


Chás para refluxo

Espinheira santa para refluxo

O chá de espinheira-santa também pode ser indicado porque possui propriedades digestivas, que além de melhorarem a má digestão, também aliviam a azia.

Ingredientes

1 xícara de água fervente;
1 colher de sopa de espinheira-santa.
Modo de preparo

Ferver a água e adicionar a espinheira-santa, deixando repousar por 5 a 10 minutos. Coar e tomar sem adoçar, 2 a 3 vezes por dia.