Com a pandemia do Covid 19 acontecendo, é preciso ficar atento aos remédios que devem ser evitados para tratar os possíveis sintomas da doença. Tendo em vista que estamos tratando de um vírus que nunca antes havia sido visto em humanos, é adequado que façamos um tratamento mais cauteloso, que leve em consideração efeitos colaterais causados pelos medicamentos. Por conta disso, elaboramos este guia com informações importantes para você se atentar e ficar por dentro deste assunto. Acompanhe a seguir.

Remédios que devem ser evitados em caso de Covid 19

Abaixo listamos dois remédios que devem ser evitados em caso de suspeita de Covid 19. Atente-se para cada um deles e, a partir disso, acompanhe as nossas dicas para saber quando é necessário buscar auxílio médico. Veja a seguir:

1- Ibuprofeno

Apesar de não haver nenhuma comprovação científica conclusiva para o consumo de ibuprofeno em casos de sintomas do Covid 19, suspeita-se que o mesmo é capaz, inclusive, de elevar a "força" do vírus. Com isso, o adequado é que este medicamento não seja utilizado para diminuir os sintomas do Coronavírus, as dores no corpo, a febre, etc.

2- Cortisona

O Cortisona é um remédio que pode acabar afetando a capacidade de reação do nosso sistema imunológico. Por conta disso, é imprescindível evitar este tipo de consumo em caso de suspeita de coronavírus. Porém, se você já toma algum remédio com corticoide e está com sintomas de Covid 19, converse com o seu médico para sanar possíveis dúvidas sobre a doença e o consumo do medicamento.

Por hora, acredita-se que o uso de Paracetamol pode ser mais adequado para diminuir os efeitos dos sintomas da Covid 19. Entretanto, é preciso ficar atento às possibilidades de haver necessidade de intervenção médica.

Quando procurar auxílio médico

Além de levar em consideração quais remédios devem ser evitados em caso de Covid 19, é preciso que você também observe os sintomas da doença para saber qual é o momento certo de procurar auxílio médico. Tendo em vista que não são todas as pessoas que necessitam de acompanhamento profissional, buscar um hospital logo no primeiro sintoma pode ser um tanto errôneo.

Isso porque você poderá passar por duas situações igualmente importantes, porém diferentes:

  1. Você pode se dirigir ao hospital e constatar que não está com o novo Coronavírus, porém, possivelmente poderá se contaminar lá mesmo;
  2. Você pode até estar contaminado, porém, talvez não apresente nenhum sintoma grave que possa lhe trazer complicações. Porém, ao ir até o hospital você pode acabar contaminando pessoas que são mais vulneráveis que você, causando um efeito nada positivo na situação.

Portanto, busque o auxílio médico apenas se você sentir falta de ar, por exemplo, ou qualquer outra complicação muito forte, que lhe deixe vulnerável. Se a gripe for leve, não há necessidade de comparecer ao hospital, ok? Vamos preservar a sua saúde e a saúde de terceiros. E claro, procure evitar os remédios citados caso você suspeite estar contaminado.

Leia também: Livros interessantes para devorar durante a quarentena