Menstruação sempre é um assunto pouco comentado mesmo entre amigas, o que acontece em decorrência disso é que muitas mulheres ficam com muitas dúvidas, mesmo de assunto simples. O tema do nosso post de hoje aqui no Muito chique é algo corriqueiro para muitas mulheres e com algumas observações podemos saber se é, ou não, necessário ir ao ginecologista para procurar tratamento. vamos tentar passar essas informações da forma mais simples para que as dúvidas sejam sanadas e que ajude ao maior número de leitoras.


Menstruar duas vezes é normal?

A resposta para a pergunta acima é : sim e não ! Caso você tenha o ciclo menstrual curtinho, é super normal. Por exemplo, se a menstruação veio no dia 1º e o ciclo menstrual desta mulher dura 25 dias, ela estará menstruada novamente no 25º dia daquele mesmo mês. Isso é normal. Os ciclos curtos são uma característica pessoal e varia de mulher para mulher. Umas têm, outras não.

 

Menstruar duas vezes é sinal de doença?

Pode ser sinal de  ciclo irregular e cerca de 40 a 60% das mulheres terão alguns períodos irregulares ao longo de suas vidas. Uma das causas mais comuns é o estresse. caso você esteja passando por um momento atribulado da sua vida, seja de ordem psicológica, de trabalho, família, saúde, pode estar relacionado. Nesse caso é importante, junto com o tratamento ginecológico, procurar resolver suas questões, se acalmar e marcar um psicólogo ou psiquiatra para conversar. Ajuda bastante. O seu corpo já está reagindo ao seu estresse e isso pode estar acontecendo em outros órgãos de forma invisível.

Outras possibilidades para quem menstruou duas vezes

Além do estresse pode ser sinal de gravidez. Curiosamente não é apenas a ausência de menstruação que avisa da gravidez, mas, em casos , raros, menstruar novamente no mesmo mês pode ser um aviso.Alguns problemas uterinos, como pólipos ou miomas – lesões benignas ou tumores que podem crescer no útero – são muito comuns e podem estar relacionados a problemas hormonais. Nesse caso o médico, descartando as outras possibilidades que falamos acima, vai marcar um um ultra-som, uma biópsia uterina ou uma histeroscopia (um escopo que olha o útero). Nessa mesma consulta vai avaliar possíveis infecções e orientar seu tratamento.