Essa foi uma tendência que pessoalmente achei muito linda, que eu usaria e ficaria bem para várias mulheres que conheço. Mas gostaria de deixar claro que ao escolher o tema e as fotos para mostrar para as leitoras, tenho a responsabilidade explicar toda a tendência em cabelos e afirmar que algumas delas não devem ser feitas em casa porque a chance de não ficar nem parecido é muito grande.  Esse é  o caso do post de hoje, o cabelo Fire Ombré, é impossível de ser reproduzido sem a ajuda de um profissional experiente em coloração.


Fire ombré: a tendência do cabelo em chamas

Você não está tendo a impressão errada, o nome da tendência já sinaliza que ele é uma versão mais ousada e chamativa do cabelo Ombré hair.O nome já avisa também que o efeito de chamas será recriado com coloração e para isso é necessário uma base ruiva muito intensa e subtons muito mais claros construindo um degradê até as pontas. A grande diferença aqui é que nenhum tom é apagado para dar ênfase nas pontas, todas as cores são de grande luminosidade como uma verdadeira chama de fogo.


Fire ombré: harmonia de cores

Para que o resultado final seja tão belo quanto a ideia de um cabelo em chamas, é necessário que a passagem das cores seja harmoniosa e sutil, sem marcações. Nesse procedimento apenas um profissional experiente sabe o tempo de pausa entre tinturas e descolorações, evitando assim um desastre capilar.

Fire ombré: mistura de vários procedimentos

Mas afinal, quais cores são utilizadas nesse procedimento? Isso vai depender muito da  a cor do cabelo no momento, mas o processo básico consiste na aplicação do reflexo nas pontas e depois a tinta vermelha da raiz até a altura das orelhas, considerando fios longos. Para dar o equilíbrio e o movimento da chama, a segunda cor é  mais puxada para o laranja, feita com uma quantidade menor e menos homogênea, que vai virando um loiro quando chega nas pontas. Caso o seu cabelo seja ruivo natural, o procedimento não é esse e se resumirá ao contraste com a descoloração das pontas. Muito mais simples e em conta.

Como são várias etapas até o resultado final, o procedimento na cadeira do salão vai demorar, esteja preparada para esperar, no mínimo 5 horas, sabendo que a descoloração leva de 2 a 3 horas, enquanto o reflexo, em média, 2 horas e meia.A manutenção dos cabelos ruivos precisa ser maior que a das outras colorações porque o ruivo tende a desbotar mais rápido do que outras colorações, então, para ficar com a cor viva, é necessário voltar ao salão 1 vez a cada 15 ou 20 dias.