Cosméticos veganos são muito buscados por quem deseja incorporar hábitos mais conscientes e responsáveis em suas vidas. Mas, em meio a tantas informações desencontradas, pode haver dúvida sobre quais os critérios que definem o que são produtos veganos ou não. Basicamente, primeiro é preciso saber que esses cosméticos, além de serem livres de crueldade animal, não utilizam em seu composto nenhum ativo de origem animal, como por exemplo mel, cera de abelha, colágeno, entre outros.


Foto: Pexels

Saiba mais sobre a certificação dos cosméticos veganos

Em meio a tantos componentes, alguns de difícil identificação, como saber de que forma as marcas veganas são comprovadas e certificadas? Aqui no nosso país, o selo vegano foi criado em 2013 pela SVB (Sociedade Vegetariana Brasileira). Para que uma empresa seja considerada vegana, ela precisa atender a três critérios:

  • não ter ingredientes de origem animal
  • não fazer testes dos componentes dos produtos em animais
  • não fazer testes dos produtos em animais

Além disso, algumas organizações ainda levam em consideração a origem das matérias-primas do produto – não podendo conter mel, própolis, geleia real, carne, laticínios, seda, corantes de inseto, entre outros. E ainda, em produtos veganos o processo de produção e a sustentabilidade da cadeia produtiva. O que significa que a matéria-prima, ingredientes ou produtos acabados devem vir de fornecedores ou fabricantes que não realizam testes em animais, tampouco devem conter organismos geneticamente modificados ou genes oriundos de animais.

Modo de extração da matéria-prima de produtos veganos

Para uma produção de cosméticos cruelty free e ecologicamente responsável, os processos devem ser o de pressão, o de destilação a vapor, frio ou água, o de percolação (que é a extração de componentes solúveis passando solventes por materiais porosos), e o de concentração por métodos físicos ou mecânicos.

Como funciona a testagem de cosméticos veganos?

Não é porque os produtos veganos não foram testados em animais que eles são colocados no mercado sem a certeza de que são seguros para o uso humano. Os itens de vegan beauty são testados em pele desenvolvida em laboratório, que conta com a aparência de um círculo transparente. Essa pele é desenvolvida a partir da coleta de material (que é separado por idade, sexo e raça do doador) e destinado exclusivamente à realização de testes para o mercado de produtos de beleza veganos.

A diferença entre cosméticos veganos e naturais

Muitas pessoas confundem os cosméticos naturais com os veganos, mas há diferença entre estes dois universos. Basicamente, os cosméticos são considerados naturais quando contém pelo menos uma proporção de 95% de substâncias naturais e 5% de matérias-primas orgânicas ou sintéticas, o que não ocorre com os produtos veganos. Por isso, é muito benéfico o uso dos cosméticos veganos. Listamos alguns dos benefícios da utilização desses tipos de produtos para a sua lista de compras vegana:

Reduz o risco de alergias: quem usa marcas de maquiagem veganas, shampoos, condicionadores ou cremes dessa natureza não precisam se preocupar com o fator alergia. Isso porque os produtos veganos são mais delicados em seus componentes e são livres de conservantes químicos, e seu uso contínuo traz inúmeros benefícios.


A qualidade dos cosméticos veganos é superior aos tradicionais: de uma maneira geral, os cosméticos veganos apresentam qualidade superior aos produtos comuns, porque alia ingredientes vegetais com a escolha minuciosa e a alta tecnologia. Por isso, os resultados são ainda melhores para o cabelo e a pele.

Os cosméticos veganos promovem um tratamento mais natural e menos agressivo: se ainda há dúvidas sobre porque usar cosméticos veganos, mas é fato que eles não apresentam efeitos colaterais convencionais como, por exemplo, o enfraquecimento capilar ou as reações alérgicas. Isso porque as formulações vegetais são mais compatíveis, por exemplo, com a nossa estrutura capilar, fazendo com que os fios não sofram danos com o tempo, e o tratamento seja mais suave e potente.

Reduz o impacto ambiental: a produção de qualquer produto causa impactos ao meio ambiente, não só em termos de exploração de matéria-prima, mas também com o descarte incorreto dos produtos na natureza. Mas com os produtos veganos, esses impactos são minimizados por conta dos ingredientes, além do uso de refis e cartuchos que reduzem o lixo.


Não promove a exploração animal: obviamente, uma das principais características dos produtos veganos e cruelty free é que eles vão na contramão da indústria, que costuma promover a exploração animal e a crueldade, fazendo com que os bichos sejam cobaias em testes, ou até mesmo como matérias-primas dos produtos tradicionais.

Onde comprar cosméticos veganos?

Ao contrário do que se pensa, é muito fácil achar bons cosméticos veganos, com matérias-primas saudáveis e livres de químicas nocivas. Mas, por ser um mercado relativamente novo, ainda há a ideia de que estes produtos são difíceis de encontrar. Nas principais farmácias do país ou lojas de beleza, há um setor exclusivo de produtos vegan, além de marcas especificamente veganas.

Gostou das nossas dicas? Aproveite para navegar em nosso blog e conhecer ainda mais dicas valiosas para a sua vida!