menino-ou-menina

A tabela chinesa é um poderoso instrumento para as mulheres que acabaram de descobrir a gravidez ou que estão planejando ter um bebê. O método ajuda a descobrir se será menino ou menina antes mesmo do ultrassom, sem falar que pode oferecer informações preciosas para escolher ter menino ou menina.

A cultura popular possui inúmeras simpatias para descobrir se vai ser menino ou menina, no entanto, a tabelinha chinesa se destaca como um dos métodos mais usados. A técnica combina a idade lunar da mãe e o mês de concepção para matar a curiosidade dos pais nos primeiros meses de gestação.

Use a tabela e descubra como planejar o sexo do seu bebê. (Foto: Divulgação)
Use a tabela e descubra se será menino ou menina. (Foto: Divulgação)

Tabela chinesa para engravidar

Se você já fez o teste de gravidez e descobriu que está grávida, parabéns! É hora de começar a se programar, não é mesmo? Nos primeiros dias vem aquela curiosidade para saber se o bebê é menino ou menina e a tabela chinesa é perfeita para auxiliar, trata-se de uma tradição oriental, que permite descobrir se o bebê é menino ou menina logo nas primeiras semanas de gravidez.

Acredita-se que esse método surgiu há mais de 700 anos, já que a tabela original foi encontrada na tumba da família real chinesa. Atualmente, essa versão oficial se encontra no Instituto de Ciência de Pequim, mas as cópias estão espalhadas pelo mundo.

Depois de descobrir a gravidez, surge a curiosidade com relação ao gênero. (Foto: Divulgação)
Depois de descobrir a gravidez, surge a curiosidade com relação ao gênero. (Foto: Divulgação)

Como funciona a tabela chinesa?

O conceito da tabela chinesa foi amplamente difundido e faz sucesso também nos países ocidentais. Muitas mulheres utilizam a técnica para planejar a gravidez e escolher o gênero da criança. O método não tem comprovação científica, mas o seu índice de acerto igual a 93%.

De acordo com o conhecimento da tabela chinesa, a mulher poderá descobrir o gênero do seu futuro bebê, levando em consideração de que a sua idade lunar entra no cálculo. Isso, no entanto, vai na contramão da teoria científica, que determina o cromossomo do espermatozoide (X ou Y) como o responsável pelo gênero.

Como usar a tabela chinesa?

O primeiro passo para usar a tabela chinesa é descobrir a idade lunar. Para fazer esse cálculo, a mulher precisa somar a idade de quando engravidou com 1. Vale lembrar que, somente quem nasceu em janeiro ou fevereiro não precisa acrescentar 1 à idade. Exemplo: Bianca nasceu em 10 de março de 1990, sendo que em 2015 ela completou 25 anos. Sua idade lunar é igual à 26, considerando a soma 25 + 1.

Tabela chinesa. (Foto: Divulgação)
Tabela chinesa. (Foto: Divulgação)

Depois de descobrir a idade lunar, a mulher precisa saber o mês de concepção, ou seja, a data de quando ela engravidou. Com essa informação em mente, basta cruzar os dados na tabela chinesa, apresentada na imagem acima. No caso de Bianca, se ela engravidou no mês de fevereiro, então o seu bebê será um menino.

Será menino ou menina? (Foto: Divulgação)
Será menino ou menina? (Foto: Divulgação)

A tabela chinesa é bem simples de ser usada, basta relacionar as informações e aplicá-las corretamente. No caso do modelo apresentado nessa matéria, os quadradinhos rosas indicam menina e os azuis equivalem a menino. O método, no entanto, pode não ser eficaz no caso de gêmeos.

E aí? Vai experimentar o conhecimento milenar da tabela chinesa para engravidar? Faça o cálculo corretamente e descubra se será menino ou menina.

Recomendados para você: