Como fazer um currículo de destaque em 5 passos 1

Como fazer um currículo de destaque? O que incluir no documento? Qual o segredo para o seu perfil profissional chamar a atenção do empregador? – Essas são apenas algumas dúvidas que se manifestam na mente de quem está buscando uma oportunidade no mercado de trabalho.

O currículo funciona como a apresentação do profissional e representa o primeiro contato com o empregador. Ele precisa ser claro, objetivo e conciso. As informações devem estar bem organizadas e conter apenas dados relevantes para o recrutamento.

O currículo faz toda a diferença na conquista de uma vaga de emprego. (Foto: Divulgação)
O currículo faz toda a diferença na conquista de uma vaga de emprego. (Foto: Divulgação)

As empresas recebem vários currículos por dia, sem falar daqueles que são cadastrados pela internet. Com tantas pessoas disputando vagas de emprego, fica complicado conseguir se destacar no processo seletivo. No entanto, se você elaborar um currículo que chame a atenção do empregador de forma positiva, há grandes chances de ser convocado para uma entrevista de emprego.

Como fazer um bom currículo

Você quer conquistar um bom emprego? Então confira a seguir 5 passos para fazer um currículo de destaque:

  1. Comece com informações essenciais

O currículo tem a função de conquistar uma entrevista presencial. Dessa forma, ele deve ser capaz de prender a atenção do recrutador e conter atributos compatíveis com o cargo disponível.

Coloque o nome completo, endereço e telefone de contato no início do currículo. Informações como CPF e RG são dispensadas nesse primeiro momento.  No item “objetivo profissional”, destaque a vaga do seu interesse ou indique somente a área uma área de interesse.

Monte um currículo claro e objetivo. (Foto: Divulgação)
Monte um currículo claro e objetivo. (Foto: Divulgação)
  1. Fale sobre as suas qualificações

O item “Qualificações”, que vem logo depois das informações de contato, deve ser um resumo das qualidades profissionais que foram adquiridas ao longo da carreira. Essas habilidades podem chamar a atenção do recrutador, mas provavelmente serão testadas na entrevista de emprego ou na dinâmica em grupo.

  1. Elenque a sua formação acadêmica

Enriqueça o seu currículo com informações relacionadas à sua formação acadêmica. Procure ordenar os itens começando pela graduação mais recente. Também é importante manter uma formatação padrão para os dados, ou seja, seguir a sequência de curso, instituição de ensino, ano de conclusão ou ano de início e término.

Lembre-se de que as informações serão testadas na entrevista. (Foto: Divulgação)
Lembre-se de que as informações serão testadas na entrevista. (Foto: Divulgação)
  1. Apresente as suas experiências profissionais

Depois de apresentar os principais componentes da formação acadêmica, é chegada a hora de falar sobre os empregos anteriores. Coloque o nome da empresa e o período em que trabalhou na mesma.  Também é interessante colocar o cargo que foi ocupado e as principais atividades designadas e ele.

  1. Tire proveito dos dados complementares

O currículo também abre espaço para as informações complementares, desde que sejam relevantes para a contratação. Você pode criar tópicos para falar sobre a sua formação com relação a línguas estrangeiras ou informática. No caso do idioma, é importante mencionar o nível de proficiência.

Se for interessante, você pode criar um tópico para “Atividades Complementares”. Nessa área, é interessante mencionar treinamentos, cursos, workshops e até mesmo intercâmbios.

Confira a seguir um vídeo que explica detalhadamente como fazer a montagem, desenvolvimento e o currículo vitae pronto. Assista e inspire-se!

Depois de ser chamada para uma seleção, confira dicas bem interessantes para entrevistas de emprego e dinâmicas de grupo que podem ser bem úteis para quem está participando de um processo de seleção.