Peeling de diamante Como funciona, efeitos 5

O peeling de diamante para manchas na pele se destaca como um dos tratamentos estéticos mais populares do momento. Ele pode ser realizado com o intuito de tratar a camada superficial da pele ou atingir partes mais profundas. Leia a matéria para entender como funciona o procedimento, quais são os efeitos e cuidados necessários. Também conhecido como microdermoabrasão, o peeling de diamante é totalmente indolor e não causa descamações. Ou seja, logo após realizar a aplicação, a pessoa pode retomar suas atividades sociais e o seu trabalho, sem qualquer tipo de desconforto. Por outro lado, quem realiza o peeling químico precisa tirar alguns dias de repouso.

O peeling de diamante se encarrega de promover o rejuvenescimento da pele. (Foto: Divulgação)
O peeling de diamante se encarrega de promover o rejuvenescimento da pele. (Foto: Divulgação)

Peeling de diamante

O peeling de diamante é um método que se encarrega de fazer uma esfoliação profunda na pele, a fim de remover as células mortas e estimular a produção de colágeno/elatina. Quando o tratamento é realizado corretamente, o paciente fica com a pele firme, uniforme e bonita. O procedimento estético de microdermoabrasão deve ser realizado por um dermatologista de confiança e com o equipamento apropriado. As aplicações podem acontecer em qualquer parte do corpo, exceto na região dos olhos e lábios. As mulheres normalmente recorrem ao peeling de diamante para melhorar a aparência do rosto, do pescoço, do colo, das costas, dos braços e das mãos.

Peeling de diamante Como funciona, efeitos 1

Se você deseja obter resultados mais visíveis com o peeling de diamante, é melhor associá-lo ao peeling químico. Esses dois tratamentos, em parceria, rejuvenescem a pele de forma impressionante.


Como é feito o peeling de diamante

O método se encarrega de fazer uma esfoliação superficial da pele, através de um equipamento com ponteira de diamante. Acompanhe: Primeiro o dermatologista faz a higienização da pele. Depois, ele aplica a ponteira de diamante na região tratada. Vale lembrar que não é preciso aplicar anestesia antes do procedimento.

Peeling de diamante Como funciona, efeitos 2

O profissional estica a pele com as mãos para conseguir aplicar o aparelho, fazendo movimentos em linha ou circulares. Esse equipamento nada mais é do que uma ponteira de diamante conectada a um sistema de vácuo, que comprime a pele contra o diamante e faz a esfoliação.

A ponteira de diamante é bem rígida, por isso ela consegue fazer um lixamento intenso da pele. Existem três tipos: a grande (75 mícrones), a média (100 mícrones) e a pequena (150 mícrones). A primeira realiza uma sucção mais intensa na pele e atinge uma camada mais profunda. Já a segunda e a terceira ponteira tratam as áreas mais delicadas. Enfim, a escolha da ponteira depende muito do objetivo do tratamento.


Peeling de diamante Como funciona, efeitos 4

Quando a sessão chega ao fim, a pessoa percebe claramente que a sua pele fica um pouco avermelhada. Com o passar dos dias, a coloração vermelha cede espaço para uma leve descamação, que não costuma ser tão intensa quando a do peeling químico. Para perceber os resultados, é preciso realizar de 5 a 10 sessões, com intervalos mensais ou de 15 dias.


Efeitos do tratamento

O peeling de diamante oferece vários benefícios estéticos. Confira a seguir quais são os principais efeitos:

Peeling de diamante rejuvenesce

Em 2009, a Universidade de Michigan (EUA) publicou uma pesquisa sobre os efeitos do peeling de diamante. Os estudiosos chegaram à conclusão de que a essa esfoliação promove o rejuvenescimento da pele, pois estimula a produção de colágeno.

Peeling de diamante Como funciona, efeitos 8

Para quem não sabe, o colágeno é uma substância responsável pela firmeza e sustentação da pele. Na medida em que envelhecemos, a pele perde esse componente e se torna flácida. No entanto, o peeling de diamante já vem sendo considerado um dos melhores tratamentos rejuvenescedores.


Peeling de diamante para manchas de pele

Já está comprovado que o peeling de diamante é um ótimo aliado para tratar manchas superficiais. Isso mesmo! O método funciona bem em melanoses, ou seja, manchas causadas pela exposição solar. A esfoliação da epiderme (camada superficial) faz com que essas incomodas marcas desapareçam.

Peeling de diamante Como funciona, efeitos 7

Suaviza cicatrizes

Se você tem alguma cicatriz incômoda, como é o caso das lesões causadas por acnes, então o peeling de diamante pode ser eficaz. O método renova as células da pele e suaviza as marcas.

Trata as rugas finas

O peeling também pode melhorar consideravelmente a aparência das rugas finas que insistem em tomar conta do rosto. O benefício é discreto, mas se torna ainda mais perceptível quando combinado a um creme anti-idade.

Diminui os poros abertos

A esfoliação promovida pelo peeling de diamante é ótima para tratar poros abertos. Quando mais pele for removida no tratamento, mais estreitos ficam os poros.


O Peeling de diamante reduz estrias

Uma aplicação intensa de peeling ajuda a reduzir a aparência das estrias avermelhadas, ou seja, aquelas que são mais recentes. Esse benefício só é possível porque o método tem a capacidade de estimular a regeneração celular e, consequentemente, a cicatrização.

Woman showing her stretch marks


Cuidados necessários

Alguns cuidados precisam ser tomados antes e depois do procedimento. Em resumo, o paciente deve suspender o uso de ácidos 48 horas antes da sessão de peeling de diamantes. Esses componentes deixam a pele sensível, por isso é importante não arriscar.

Após a esfoliação, é muito importante hidratar a pele para acalmá-la, com os produtos indicados pelo dermatologista. O uso de ácidos deve continuar suspenso por mais 7 dias e o rosto deve ser lavado apenas com sabonete neutro durante uma semana. Outra recomendação importante para quem passou por peeling de diamante é evitar a exposição ao sol ou usar filtro solar com FPS mínimo 50. Os raios UVA e UVB agridem a pele e aumentam as chances de irritação, por isso é fundamental não abrir mão dos protetores.


Você também poderá se interessar por:


Riscos do pelling de diamante

Peeling de diamante Como funciona, efeitos

Quando realizado em uma clínica dermatológica de confiança, o peeling de diamante praticamente não tem riscos. No entanto, se o aparelho for manuseado de forma incorreta, pode causar lesões sérias na pele. Outro ponto importante: a exposição ao sol sem proteção, logo após a sessão, pode fazer o método apresentar efeito rebote. A área esfoliada fica mais sensível, por isso pode acabar intensificando as manchas e cicatrizes. Muito cuidado!


E aí? Gostou do peeling de diamante? Deixe um comentário. Não se esqueça de procurar um dermatologista para avaliar a pele e obter a indicação desse procedimento estético. Além dos médicos especialistas, os fisioterapeutas e esteticistas também são profissionais aptos para a aplicação.