?????????????????????????????????????

A micropigmentação corretiva é uma técnica ideal para quem deseja ter sobrancelhas mais bonitas e sem falhas. Ela também é usada para corrigir o couro cabeludo ou qualquer área do corpo que sofra com uma deformidade que pode ser solucionada (ou amenizada) com pigmentação. O procedimento funciona da mesma forma que a tatuagem definitiva, fazendo o preenchimento para reestruturar e completar as áreas falhadas.

A medicina estética tem utilizado a micropigmentação corretiva para diferentes fins. O procedimento é ideal para pós-mastectomia, além do que serve para camuflar cicatrizes e marcas de vitiligo.

A micro pigmentação corrige falhas de sobrancelhas. (Foto: Divulgação)
A micropigmentação corrige falhas de sobrancelhas. (Foto: Divulgação)

A técnica de micropigmentação corretiva foi criada por causa dos erros frequentes cometidos por tatuadores no procedimento de maquiagem definitiva para corrigir as falhas. O procedimento é considerado mais profissional, pois restaura as cores e o design de forma natural.

Em comparação com a maquiagem definitiva, a micropigmentação corretiva é considerada menos agressiva. Ela atinge apenas as primeiras camadas da pele e a tinta utilizada contém moléculas maiores.

Micropigmentação Corretiva

A micropigmentação corretiva nada mais é do que a tatuagem definitiva totalmente reformulada para criar resultados mais bonitos e naturais. Tudo foi reformulado, como os movimentos com a agulha e a profundidade de aplicação da tinta. A técnica, inclusive, utiliza uma tecnologia avançada, a base de pigmentos inorgânicos de glicerina. A densidade e o tamanho da partícula impedem a absorção do organismo, além do que o equipamento de trabalho se tornou mais delicado.

A micropigmentação corretiva não corrige apenas as sobrancelhas, ela também vem sendo muito usada no couro cabeludo para disfarçar as falhas causadas por cicatrizes, alopecia areata e queda capilar. O procedimento serve para corrigir a calvície com maior extensão, garantindo uma cobertura perfeita e de acordo com as necessidades do paciente. Os resultados são naturais porque a micropigmentação trabalha com várias opções de cores e nuances.

Antes e depois da micro pigmentação. (Foto: Divulgação)
Antes e depois da micropigmentação. (Foto: Divulgação)

Depois de fazer sucesso no exterior, principalmente nos Estados Unidos e Inglaterra, a micropigmentação corretiva tem ganhado mais espaço no Brasil. Hoje, vários profissionais de estética estão realizando um curso específico para aprender exatamente como realizar a aplicação de pigmentos na correção das sobrancelhas, na cobertura de cicatrizes em couro cabeludo e na pigmentação de aréolas.

O curso de micropigmentação das sobrancelhas aborda diferentes tópicos, como a fisiologia da fixação de pigmentos, aplicação com agulhas lineares e circulares, biossegurança, efeitos especiais e coberturas de cicatrizes.

A técnica corrige imperfeições das sobrancelhas. (Foto: Divulgação)
A técnica corrige imperfeições das sobrancelhas. (Foto: Divulgação)

Cuidados com a micropigmentação corretiva

Antes de se submeter à micropigmentação corretiva, é necessário tomar alguns cuidados. Confira:

  • Certifique-se de que o profissional está habilitado para realizar o procedimento.
  • A tinta deve ser regulamentada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), bem como os aparelhos, as agulhas e os acessórios.
  • É fundamental passar por um ‘esboço’ com tinta removível antes da aplicação definitiva.
  • Conheça o trabalho do profissional previamente, conversando com outros pacientes.

Você quer conhecer um pouco mais sobre a técnica de micropigmentação corretiva? Então assista aos vídeos abaixo:


Recomendados para você: