transplante-capilar-1

A calvície é um problema que pode incomodar muitas pessoas, tanto homens quanto mulheres, apesar de que as maiores incidências de calvície atingem os homens. Para combater esse problema inúmeras soluções são oferecidas no mercado, além dos processos feitos em salão de beleza, existe o método cirúrgico, que além de prometer o preenchimento da área desprovida de cabelo, estes cabelos implantados crescem por conta própria, o que faz desse procedimento mais duradouro.

Dentre os processos cirúrgicos existem dois que se destacam o implante e o transplante, você sabe a diferença de cada um deles? Vou explicar.

Implante capilar

O implante é feito a partir de material sintético, desta forma os fios artificiais passam a fazer parte da estrutura do couro cabeludo, porém este método é provisório, afinal, o cabelo artificial não resiste por muito tempo e acaba por cair.

Transplante capilar

Ao longo do tempo o transplante capilar evoluiu e se tornou no método que conhecemos hoje, mas essa evolução já vem desde o século XIX, ou seja, as evoluções não param por ai. A grande vantagem deste método é que ele proporciona um resultado natural. Esse procedimento funciona como um enxerto, onde células doadoras são retiradas do próprio couro cabeludo, e são inseridas na área da calvície. Dependendo da profundidade o fio tem grande possibilidade de vingar e crescer normalizando o crescimento e combatendo a calvície.

Apesar de ser um grande sucesso o transplante capilar, o preço deste tratamento é um pouco alto (R$ 10 mil), porém o curto benefício é ótimo, e o resultado é muito bom.