Já faz um tempinho que não podemos olhar uma foto de um artista, nacional ou internacional, sem estranharmos alguma coisa.  O queixo mais largo, os narizes arrebitados do dia para a noite e tantas outras modificações.  A Gretchen, a cantora Joelma e muitos atores de TV fizeram mudanças consideráveis no rosto e, segundo eles, sem procedimentos cirúrgicos. Obviamente a curiosidade do público foi a mil, o que será que eles estão fazendo de fato para ficar tão diferente ? Sem juízo de valor sobre se ficou bom ou não, porque gosto é algo muito relativo, hoje vamos falar da Harmonização facial. O que é, para que serve e como fazer?

O que é harmonização facial?

Mesmo que você não tenha aberto esse texto na intenção de melhorar algo que lhe incomoda no seu rosto, saiba que não está sozinho. O termo ” harmonização facial ” teve , segundo o Google, um crescimento de 540% nas buscas desse ano em relação a 2018. Há muita curiosidade em torno do tema e hoje iremos descobrir  o que há por trás do olhos levantados, da diminuição de rugas, dos maxilares marcados e do sumiço das papadas.

Harmonização facial como o próprio termo já define, é uma série de procedimentos estéticos, minimamente invasivos, que combinados trazem mais harmonia ao rosto. O conceito de harmonia tem mais  a ver  com tabelas de equilíbrio dos dois lados da face e  medidas corporais do que com as preferências da pessoa que se submete ao tratamento. Mas,  podemos ser sinceros, em vários resultados de artistas famosos, o equilíbrio e a harmonia dão lugar ao exagero e acredito que isso aconteça porque a busca pela juventude e perfeição passe por cima de conselhos médicos.

Quem pode fazer harmonização facial ?

Por princípio a harmonização facial deve promover mudanças discretas  que não visam modificar a expressão do paciente. Acredito que seja por conta da mudança da expressão que fica tão claro quando um ator de TV o faz, logo na primeira entrevista já vemos que há algo diferente no rosto que conhecemos. Homens e mulheres chegam ao consultório com suas queixas e diante delas o médico traça seu planejamento da combinação de procedimentos estéticos que precisam ser feitos.

Procedimentos de harmonização facial mais comuns

Existe uma boa gama de  tratamentos disponíveis e com ótimos resultados na harmonização facial.  Alguns médicos dermatologistas, cirurgiões-plásticos e dentistas têm  os seus chamados “Carros-chefe do consultório “, que são os tratamentos em que se destacam. Dificilmente algum profissional desses conseguirá ser bom e atualizado em todos eles. Isso é normal e não quer dizer que o médico seja ruim ou incompetente. Se você procura harmonização específica em alguma área, fique ligado em médicos com mais resultados nessa área também. Pele, lifting, dentes, preenchimento facial são áreas diferentes dentro desse universo.

Como fazer uma harmonização facial?

Os mais comuns são o lifting facial – para rugas – , o botox, fio de sustentação, aplicações de ácido hialurônico e até mesmo intervenções odontológicas, como bichectomia – retirada das bolinhas de gordura que sustenta nossas bochechas, clareamento dental e colocação de lentes de contato dentais. Ao analisar as medidas e as queixas de cada paciente, o médico faz um planejamento do que pode ser feito naquele momento e planeja um calendário de visitas subsequentes.

Quanto custa uma harmonização facial?

Isso vai depender da quantidade de ” harmonização ” e que procedimentos vai precisar. O que precisa fazer é marcar consulta com alguns médicos para fazer um orçamento. Nas grandes capitais o combo de procedimentos fica entre R$ 10 e R$ 20 mil reais. O que faz um tratamento ter muita diferença para o preço do outro é a quantidade de ácido hialurônico utilizado. Cada ampola de 1 ml , nas grandes cidades, pode custar até R$ 2 mil reais. Algumas harmonizações podem usar de 5 a 15 ampolas, faça suas contas.

Para quem trabalha com a imagem esses gastos já são embutidos nos ganhos da sua carreira. Mas para que apenas quer melhorar a aparência da pele do rosto, suavizar algumas rugas e olheiras, existem procedimentos isolados que podem caber no seu bolso sem precisar de grandes intervenções. Procure um médico e faça uma consulta, vale muito a pena!