É extremamente normal possuir sensibilidade emocional, mas quando ela se torna excessiva, pode acabar te prejudicando. Algumas pessoas possuem uma sensibilidade emocional muito aflorada, em que situações que para a maioria das pessoas são insignificantes, provocam uma reação dita como exagerada por esses indivíduos.

O que pode nos fazer perder o controle?

Falando de uma forma bem simples, o principal motivo para o descontrole emocional somos nós mesmos. A maneira como vemos as coisas que ocorrem ao nosso redor e a forma como nos posicionamos em diferentes situações são capazes de fazer com que criemos sentimentos e emoções em nossa mente, tornando possível lidarmos com todas elas.

Leia aqui também:

Tristeza Profunda: Sintomas de depressão

Alimentos para combater a Depressão

Auriculoterapia: Como Funciona e quais os benefícios

 

A realidade ao nosso redor é interpretada com base nos nossos valores, crenças e até mesmo regras de convivência, assim, criamos emoções e podemos agir. Dessa forma, se acreditarmos que tudo dará errado, sofreremos com sentimentos ruins e pessimistas. Agora, se vermos diferentes situações de nossa vida de maneira otimista e positiva, teremos mais chances de ter sentimentos bons. Por isso, é essencial sabermos que somos nós quem controlamos nossa vida, e não as situações que ocorrem ao nosso redor.

Entenda como você pode ser prejudicado pelo descontrole emocional

Potencializa o estresse: O estresse é um mal com o qual temos que conviver diariamente em quase todos os ambientes em que habitamos. Nossos níveis de estresse aumentam consideravelmente quando nos preocupamos muito com algum ocorrido, quando ficamos muito tristes, agressivos e chorando excessivamente, causando frustração. O estresse exagerado pode gerar doenças graves como transtornos de ansiedade e depressão.

Prejudica a produtividade: Se você estiver se sentindo ansioso ou um pouco depressivo, existem grandes chances de não conseguir fazer nenhuma das tarefas que você tem a fazer, tanto em casa quanto no trabalho. Isso acontece por focarmos demais nos problemas e sentimentos ruins que eles nos causam, fazendo nosso rendimento cair.

Tomamos decisões precipitadas: Quando tomamos decisões enquanto tomados por alguma emoção forte, como raiva ou tristeza, existem grandes chances de nos arrependermos depois. As emoções excessivas podem nos levar a tomar decisões precipitadas e que nem sempre são as melhores. Portanto, sempre espere até que você se acalme antes de tomar qualquer decisão.

Dicas para conseguir controlar as suas emoções

Procure uma técnica para ajudá-lo a se acalmar: Normalmente, o choro excessivo ocorre por uma situação que envolve estresse extremo e a sensação de desespero é o gatilho para as lágrimas, por isso, a melhor forma para conseguir controlar suas emoções é tentando se acalmar. Técnicas de respiração são muito eficientes e ajudam a diminuir a tensão corporal. Inspirar e expirar profundamente por alguns segundos, fechar os olhos e tomar um pouco de água vão ajudá-lo a quebrar a tensão.

Reforce as suas qualidades: Todos nós somos capazes de cometer erros e não devemos nos culpar por eles. É importante identificar seu erro e tentar consertá-lo, e acima de tudo, lembre-se que você é capaz. Diga a si mesmo, quais são suas qualidades e relembre os momentos em que você acertou e deu o seu melhor, assim não se sentirá fragilizado.

Procure entender a fonte do seu descontrole emocional: As vezes as lágrimas não ocorrem por situações de estresse e, sim, por tristeza por conta de conflitos que podem ser internos e pessoais. Busque identificar qual é o gatilho para o seu descontrole emocional e, assim, poderá enfrentá-lo e vencê-lo.

Controle a sua ansiedade: Muitas vezes sofremos por antecipação, graças à ansiedade e, em quase todas elas, percebemos que foi um sofrimento desnecessário. As horas perdidas com desespero e que ficamos emocionalmente desestabilizados não podem ser recuperadas e podem ser prejudiciais à sua saúde. Tente controlar seus pensamentos sabotadores e viva cada momento sem preocupações antecipadas.

Espero que esse artigo possa ajudar você na busca pelo equilíbrio emocional e que você consiga controlar  suas emoções. Se com essas dicas não for possível procure ajuda especializada.