verrugas-pele-como-tratar

Descobrir uma verruga aparecendo na pele é um tremendo pesadelo para a maioria das pessoas. E claro, o incômodo aparece independente se você é ou não uma pessoa vaidosa. Mesmo quando não estão localizadas em uma região exposta, elas ainda podem provocar dor e coceira. Com isso começamos a procurar opções de tratamento que sejam capazes de resolver o problema de uma vez por todas. Se você está em busca de uma solução para as verrugas, é preciso saber direito do que estamos falando antes de investir em uma solução. Nesse caso, vamos começar a entender a situação?

O que é verruga?

A verruga é um crescimento benigno provocado por infecção viral na camada mais superficial da pele ou membranas mucosas. Os vírus capazes de causar o aparecimento das verrugas pertencem a família papiloma vírus humano (HPV). Na prática existem vários tipos de verrugas. Usualmente elas são da cor da pele e ásperas ao tato, mas elas podem variar a aparência de acordo com o local em que estão localizadas. O método de tratamento e remoção é também dependente desta classificação:


Verruga vulgar

Normalmente elas crescem em volta de unhas, nos dedos e dorso das mãos, isso porque são mais comuns em locais da pele que estão submetidas a traumas frequentes. Nesse caso, alguns exemplos de traumas são os locais onde unhas são roídas ou aparadas, ou onde as cutículas são retiradas.

tratamento-para-verrugas

Verruga peringungeal

São as verrugas vulgares encontradas em volta da unha.

Verruga plantar

Frequentemente encontradas na sola dos pés. A maioria delas sequer forma saliências já que a pressão exercida pelo peso ao caminhar faz com que elas fiquem achatadas e empurradas para dentro da pele. Isso causa uma dor bastante intensa e provoca a sensação de pedra no sapato. Costumam ser confundidas com calos. Quando elas crescem agrupando-se, são chamadas também de verrugas em mosaico.

Verruga plana

Ela é menor e mais macia ao toque que os demais tipos de verrugas classificadas. Elas também tendem a crescer em grande número – 20 a 100 ao mesmo tempo – e podem ocorrer em quaisquer regiões do corpo. Em crianças, são vistas com mais frequência no rosto, em adultos nos locais cobertos por barba (homens) e nas pernas, no caso das mulheres.

Verruga filiforme

Seu aparecimento é mais frequente em idosos. Sua aparência tem semelhança com um dedo projetado na superfície da pele. São mais comuns na face, pescoço, pálpebras e lábios

Verrugas genitais

Localizadas na área genital ou peri-anal, elas são mais macias ao toque e também podem ser úmidas caso estejam localizadas nas mucosas. Elas podem atingir a mucosa genital feminina e masculina, uretra, vagina, colo do útero, região perianal ou mucosa oral. Tanto o tamanho quanto a coloração podem ser variáveis. Elas ocorrem com maior frequência entre adultas e podem ser transmitidas por contato sexual.


Verrugas oferecem risco à saúde?

Em geral, as verrugas não oferecem um risco grave à saúde, porém convém ter atenção já que existe o risco de contaminação. Se estiverem localizados nos genitais então, convém procura imediata de tratamento. Fora isso, elas merecem tratamento de qualquer forma, uma vez que costumam coçar e incomodar muito, especialmente se estiverem localizadas em áreas de pressão do corpo.

verrugas


Melhor tratamento para verrugas

O tratamento para remoção de verrugas é feito clinicamente com orientação de dermatologistas. Isso porque eles são os profissionais habilitados a realizar o procedimento de maneira segura. A escolha do método de tratamento depende da localização das verrugas, ou seja, sua classificação.

Outro ponto a ser levado em consideração é a idade do interessado. Em crianças, as lesões tendem a desaparecer de forma espontânea, mas de qualquer modo é indicado que elas sejam submetidas a tratamento, uma vez que as verrugas podem se disseminar para outras pessoas ou outras regiões do corpo. Já no caso dos adultos, elas não tendem a desaparecer rapidamente, o que torna maior a necessidade de tomar uma providência a respeito. Veja agora algumas das opções existentes de acordo com o tipo de lesão a ser tratada:

tratamento-para-verruga

Tratamento para Verrugas vulgares

O tratamento em crianças pode ser feito com aplicação diária de ácido salicílico em baixas concentrações. Aplicação semanal (realizada em consultório) de cantaridina faz com que se forme uma bolha abaixo da verruga e então faz-se a retirada da porção morta localizada no cume da bolha após aproximadamente uma semana.

A crioterapia (congelamento) também é uma possibilidade para crianças mais velhas e adultos já que ela tem baixo nível de dor e é praticamente isenta do risco de cicatrizes. Outra opção é a eletrocirurgia (queima). Ela é mais dolorosa que a crioterapia, mas ela é uma alternativa considerada rápida já que remove a verruga em uma única sessão de tratamento.


Tratamento para Verrugas plantares

Elas tem um tratamento mais complexo já que a localização abaixo da superfície da pele não é facilitadora. De qualquer modo, existem métodos para remoção: um deles é a aplicação de adesvos contendo ácido salicilico e outros componentes químicos. Outras possibilidades são cirurgicas, e incluem cirurgia a laser, eletrocirurgia ou excisão. A escolha adequada depende do caso apresentado.

verrugas-debaixo-do-pé

Tratamento para Verrugas planas

A recomendação normal para tratamento das verrugas planas envolvem métodos capazes de promover a descamação da pele, como é o caso da aplicação diária do ácido salicílico. Existem também outros métodos semelhantes, mas isso fica a cargo do dermatologista responsável.

Tratamento para Verrugas genitais

As verrugas localizadas na região genital ou peri-anal são as mais difíceis de tratar e também são aquelas que devem receber grande atenção, em especial no caso das mulheres, que ao serem portadoras de verrugas na região passam a ter maior chance de desenvolver câncer de colo do útero. Tratamentos periódicos realizados em consultório utilizando ácidos ou ainda crioterapia são opções para a eliminação das lesões visíveis. O profissional também pode preescrever uma fórmula de podofilina para prolongamento caseiro das ações para remoção. Em casos de grandes verrugas genitais ou em situações onde elas sejam persistentes, a opção passa a ser o tratamento cirurgico.


Tratamento caseiro para verrugas

A internet está repleta de métodos caseiros que prometem remoção de verrugas, porém é preciso lembrar que isso não é lá muito aconselhável. Isso porque as verrugas são contagiosas, portanto existe o risco de autocontaminação, o que pode disseminar o problema para outras regiões do corpo.

Existem outros riscos nas fórmulas caseiras as quais você precisa estar ciente: elas variam desde irritação no local até mesmo o agravamento de um câncer de pele, considerando que algumas pessoas confundem pintas com verrugas.


Quais os cuidados que devo ter com verrugas?

Para evitar infecções no local e também contaminação você precisa ter algumas precauções: isso inclui nunca tentar manipular a lesão ou removê-la sem orientação médica, muito menos com uso de alicates e instrumentos para cortá-la.

Como prevenir o aparecimento de verrugas?

O HPV, que é a causa das verrugas localizadas na área genital ocorre por via sexual ou de mãe para filho no momento do parto. Para a devida proteção, é preciso usar preservativos em todas as relações sexuais. Uma vez que o vírus também pode ser transmitido por autoinoculação, é preciso lembrar daqueles velhos conselhos de mães e avós: não coçar nem ferir as lesões já existentes, evitando a contaminação de outras áreas.

Lembre-se:

Sabemos o quanto as verrugas são incômodas, mas não tente apelar para tratamentos caseiros para se ver livre do problema. O tratamento inadequado pode piorar as lesões, contaminando outras regiões do corpo ou até mesmo piorando uma lesão que não era uma verruga, mas sim sinal de algum outro problema. O que você pode fazer é procurar o tratamento adequado junto a um profissional para que ele verifique qual o melhor método de remoção para o seu caso. Procurar métodos caseiros nesse caso pode representar o “barato que sai caro”.

Lembre-se também de ficar atenta aos cuidados que mencionamos acima: não tentar coçar ou manipular as verrugas. Isso evita a contaminação de outras áreas. O uso de método contraceptivo durante as relações sexuais também é importante, portanto não deixe o preservativo de lado.

Recomendados para você: