gravidas-tatuadas

As futuras mamães também costumam ficar em dúvida sobre como lidar com tatuagem e gravidez. A mulher grávida normalmente precisa tomar alguns cuidados para não prejudicar a sua saúde e nem a do bebê. Ela precisa manter uma alimentação saudável e evitar determinados hábitos, como beber e fumar.  A tatuagem é uma modificação corporal que pode ser feita em diferentes partes do corpo para expressar uma preferência ou simplesmente por uma questão estética. No entanto, fazer uma tattoo não é algo recomendado para as mulheres grávidas.

A gestante que está pensando em tatuar alguma parte do corpo deve desistir da ideia. Isso porque a gravidez desencadeia diversas mudanças na pele e no restante do organismo. O corpo da mulher passa a se adaptar as necessidades do bebê.

Tatuagem X gravidez

A tatuagem durante a gravidez pode render sérios prejuízos, tanto para a mamãe quanto para o bebê. Entre os principais problemas, vale ressaltar a pele que estica e o aumento do peso, que com certeza vão interferir no desenho da tattoo após o nascimento da criança.

A gestação não é a melhor época para se fazer uma tatuagem. (Foto: Divulgação)
A gestação não é a melhor época para se fazer uma tatuagem. (Foto: Divulgação)

Na gestação, a imunidade da mulher fica mais baixa, ou seja, ela tem maiores chances de contrair uma série de doenças e infecções. Se a tattoo for realizada, existe uma forte possibilidade de aparecer queloides e melanócitos.

Outro fator que precisa ser observado é que, se a tattoo for feita na região das costas, a aplicação da anestesia no parto pode ser prejudicada.

A grávida é mais vulnerável às infecções. (Foto: Divulgação)
A grávida é mais vulnerável às infecções. (Foto: Divulgação)

A situação da gestante pode ser pior se houver negligência por parte do tatuador. É importante que a agulha utilizada no trabalho esteja esterilizada, além do que é fundamental o estúdio estar de acordo com as normas de higiene e segurança. Se os cuidados não forem tomados na hora de tatuar, existe o risco de contaminação por vírus, como é o caso do HIV, da Hepatite B e da Hepatite C.

Grávida pode fazer tatuagem?

De qualquer forma, os médicos recomendam que a mulher grávida espere para fazer uma tatuagem. O procedimento só está totalmente liberado 40 dias após o parto. Alguns tatuadores, por sua vez, descartam os riscos presentes na relação entre tatuagem e gravidez. Eles acreditam que um estúdio profissional e um ambiente higienizado não oferecem perigos para as grávidas.

Na gravidez, a pele fica flácida, por isso não é ideal tatuar. (Foto: Divulgação)
Na gravidez, a pele fica flácida, por isso não é ideal tatuar. (Foto: Divulgação)

O que fazer para a tatuagem não esticar na gravidez?

A mulher que pretende ter filhos deve evitar fazer tatuagens em determinadas partes do corpo, como barriga e seios. Estes locais normalmente esticam com a gravidez e deixam a pele flácida. Quem já tem uma tatuagem que pode ser afetada pela gestação deve se preparar para futuros retoques.