Sintomas-de-gravidez-nas-primeiras-semanas

Os sintomas de gravidez começam a se manifestar porque o corpo feminino passa por uma série de mudanças, a partir da implantação do óvulo fecundado no útero. Grande parte das reações é desencadeada por causa das alterações hormonais que acontecem no organismo. Os primeiros sinais de gravidez começam a surgir por volta da terceira semana de gestação, mas eles variam de uma mulher para outra.

Identificar estes sintomas é uma ferramenta importante para o diagnóstico, mas a confirmação da gravidez só vem mesmo com o resultado do teste de farmácia ou de sangue, que mede a quantidade do hormônio Beta HCG.

gravidez-duvidas-será-que-estou-gravida
Alguns dos primeiros sintomas da gravidez são clássicos e fáceis de identificar. (Foto: Divulgação)

Diagnosticar a gravidez precocemente é muito importante para a saúde da mãe e do bebê. Ao descobrir que está grávida, a mulher tem condições de iniciar o acompanhamento pré-natal o quanto antes e garantir o desenvolvimento saudável do feto. Ela pode melhorar o controle de glicose no sangue e aprimorar a alimentação, além de parar com o consumo de álcool e cigarro.

Sintomas de gravidez

Muitas vezes os primeiros sintomas estão bem ali debaixo do nosso nariz e mesmo assim surgem algumas dúvidas relacionadas a isso. Alguns dos sintomas mais comuns da gravidez todas já sabemos quais são, não é mesmo? Tonturas e enjoos. Porém, os sintomas podem se manifestar de diferentes formas.

Sintomas de Gravidez nos Primeiros Dias

Vamos dar uma rápida 'pincelada', falando um pouquinho sobre cada um deles. Confere aí então os principais sintomas de gravidez! Se depois disso ainda restarem dúvidas, o ideal é fazer um exame de sangue que aí não tem erro!

Sangramento: Quando o óvulo fecundado é implantado no útero, a mulher sofre um pequeno sangramento, que muitas vezes é confundido com menstruação.

Atraso menstrual: O atraso menstrual é um sintoma clássico de gravidez. A mulher para de menstruar porque o endométrio tem um embrião implantado e não precisa se ‘descamar’ uma vez por mês.

Dor abdominal: É normal a grávida apresentar dor abdominal no início da gravidez, uma espécie de desconforto que se manifesta principalmente na parte inferior do abdômen e pode ser confundida com cólicas menstruais.

sintomas-de-gravidez-6-1
Dor abdominal semelhante à cólica menstrual ou fisgadas na virilha ao se levantar são comuns. (Foto: Divulgação)

Enjoos matinais: Na segunda semana de gestação, a mulher costuma se sentir enjoada, com náuseas e pode até vomitar. Esta reação acontece porque o seu organismo está sendo bombardeado de hormônio Beta HCG.

Mamas inchadas: Nas primeiras semanas após a concepção, os seios da mulher incham e se tornam mais sensíveis ao toque. Tudo porque o corpo começa a produzir hormônios que vão servir para estimular a produção do leite materno.

Sonolência e tontura: A sonolência e a tontura são sintomas que se manifestam no começo da gestação, mas também são constatados no terceiro trimestre. A mulher se sente sonolenta por causa das alterações hormonais, que agem diretamente no sistema nervoso central. O aumento do trabalho do organismo em geral deixa a grávida cansada e pode provocar tonturas.

sintomas-de-gravidez
Tonturas e sonolência são sintomas de gravidez que ocorrem devido a queda da pressão arterial. (Foto: Divulgação)

Prisão de ventre: A prisão de ventre é uma consequência do aumento da produção de progesterona. Por causa deste hormônio, o intestino passa a ter menor capacidade de contração, o que dificulta o trânsito intestinal e causa a constipação.Outros sintomas também estão associados à gravidez, como o inchaço abdominal, aumento da frequência urinária, alteração do paladar, alteração do olfato, dor de cabeça, acnes, fome em excesso, gases e escurecimento das aréolas.

Teste de Gravidez

Se estiver mesmo com dúvidas se está grávida ou não, o ideal é fazer um teste de gravidez. Existem dois tipos de teste que são os de farmácia e o de sangue. Qualquer um deles é eficaz, ambos medem a quantidade de hormônio (hCG) que só é produzido pelo nosso corpo em casos de gravidez.