As grávidas encontram mais um motivo de preocupação e cuidados – os mosquitos! A picada de um mosquito pode trazer sérios problemas, tanto para a saúde da mãe, quanto para a do bebe, problemas que podem ser irreversíveis, como é o caso da microcefalia. Para se proteger de certos problemas é preciso usar repelente, contra mosquitos e insetos em geral, mas qual deles usar? Qual é o melhor? São tantas dúvidas, que as futuras mamães encontram, que hoje vamos ajudar nessas questões.

Continue conosco.

Repelentes e aparelhos de tomada

Você sabe que os repelentes são práticos e muito fáceis de serem usados, não é mesmo? Mas quando usar o repelente e o aparelho de tomada? Bom, se você está em casa em um ambiente pequeno e fechado o ideal é usar o aparelho de tomada, pois ele é muito eficiente e protege você dos insetos, mas ele não tem tanta eficácia, por isso é importante ligar o aparelho na tomada com antecedência para que quando você entrar ele já esteja agindo e deixe o ambiente sem insetos.

Os repelentes devem ser usados quando você vai se expor em ambientes abertos, mesmo que seja na sua casa, pois eles protegem você dos insetos, principalmente dos mosquitos que podem transmitir a Dengue a Chikungunya a Zika, entre outras doenças.

Como afastar os insetos de dentro de casa

Uma maneira muito eficaz de afastar os insetos de dentro de casa é refrigerando o ambiente. Isso mesmo, você pode ligar o ar-condicionado e deixar a peça bem fresquinha para os mosquitos não entrarem, eles gostam de calor. Outra maneira é usando repelentes naturais, como as velas de citronela, mas ela não é tão eficaz assim. É preciso ficar atenta.

Outra forma é fechar as janelas cedo, pois os mosquitos gostam de entrar em casa ao cair da tarde, por isso se você fechar as janelas cedo, vai evitar que eles invadam o ambiente.

Veja também:

Pintura corporal em grávidas

Sintomas de gravidez

Manchas na pele de gravidez 

Que repelente é o mais seguro para as grávidas?

Quando a mulher engravida a primeira coisa que ela quer é tomar todos os cuidados para si e para o bebe. Certo?! Por isso se preocupa com a alimentação, com beber bastante líquido e com a pele, com o uso de cremes hidratantes, mas principalmente com os insetos, que podem transmitir doenças como a dengue e Zika vírus, que são transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti, que além de muitos problemas também traz a microcefalia que afeta de forma muito séria o bebe.

A preocupação das grávidas é que repelente usar, se eles tem contraindicações. Mas a Avisa inspeciona os repelentes que são vendidos no mercado para garantir que eles não vão prejudicar as pessoas. Como os repelentes são feitos com substâncias químicas é importante observar se eles tem o selo da Anvisa (Agencia Nacional de Vigilância Sanitária), desde que sejam inspecionados por ela não tem nenhum problema usar.

Os repelentes mais seguros para grávidas são aqueles que possuem sua fórmula com dietiltoluamida (DEET) com concentração entre 10 e 50%, se a concentração for muito baixa a sua durabilidade de proteção é por pouco tempo, nesse caso precisa ser aplicado várias vezes ao dia.

O repelente com Icaridina é o mais eficaz para as grávidas, uma vez que ele protege por até 10 horas e contra os mosquitos e insetos transmissores de doenças como: Febre amarela Chikungunya, Malária, Zika Vírus Dengue e a Leishmaniose. Caso a mulher grávida se molhe deverá fazer mais uma aplicação do repelente, afinal ele é o mais eficaz que existe.

Repelentes mais indicados para grávidas

São 5 os repelentes mais indicados para as grávidas o Exposis e o Icaridina 13h Baruel (os dois à base de icaridina) o OFF e o Repelex (ambos DEET), e o Johnson’s à base do IR3535. Esses são os produtos que mais vendem para as grávidas e são os mais indicados. Porém se você tem dúvidas consulte seu médico para que ele indique o melhor de acordo com a sua necessidade.

Repelente caseiro para mulheres grávidas

Os repelentes caseiros são ótimos e podem ser usados sem restrições, principalmente pelas gravidinhas. Os repelentes caseiros que trazem maior eficácia são os feitos com base de álcool, cravo da índia e álcool. Entretanto, esse tipo de repelente não apresenta a mesma proteção que os repelentes industrializados, eles podem não apresentar a mesma proteção, podendo as grávidas ficarem vulneráveis aos insetos.

Além de todos os cuidados com repelentes é importante que as grávidas tomem certos cuidados como usar roupas longas, como calças e blusas de mangas compridas, fechar as janelas cedo, usar mosquiteiro na cama para dormir, colocar telinha nas janelas, entre outros. Fazendo isso com certeza você grávida estará protegida e seu bebe também contra os insetos transmissores de doenças.

Espero que esse post tenha ajudado você a se cuidar muito mais.