Queda-de-cabelo-na-gravidez-001

Sim, muitas mulheres sofrem com a queda de cabelo na gravidez, isso porque durante a gestação o corpo da mulher passa por diversas mudanças. A pele, unhas e cabelos acabam sofrendo alterações por conta das mudanças hormonais, aliás, é no cabelo que acontecem algumas das transformações mais notáveis no organismo feminino durante esse período de gestação: muitas mulheres relatam que os cabelos ficam mais bonitos e fortes ao longo da gestação, porém, nem sempre essa é a realidade para todas.

Várias gestantes relatam apresentar queda de cabelo durante a gravidez. E a pergunta que não quer calar é: Isso é normal? Existe algum tratamento capaz de resolver o problema? Continue lendo este post para esclarecer todas as suas dúvidas:

Queda de cabelo na gravidez 

Sim, isso pode acontecer, mas não é a realidade da maioria das gestantes. A maior parte das mulheres que descobrem que estão grávidas relatam que os fios ficam mais fortes e bonitos, e que a queda do cabelo acontece normalmente após a gestação. Esse momento, aliás, é relatado como assustador porque a queda dos cabelos parece acontecer em maior quantidade que nos dias comuns.

Queda-de-cabelo-na-gravidez-001

Porém, uma minoria relata que vem perdendo cabelo em maior quantidade durante a gestação. Ou seja, estamos falando de algo que pode variar de acordo com as circunstâncias e com os hormônios de cada uma já que, invariavelmente, eles interferem no ciclo de vida dos fios.

Por que a queda de cabelo durante a gravidez?

Não existem muitas explicações para justificar a queda de cabelos durante a gestação: uma das mais prováveis é que os níveis elevados de progesterona – o hormônio produzido pelos ovários – deixe os fios mais secos. Com isso, a possibilidade mais concreta é de que os fios estejam se partindo próximo a raiz devido ao ressecamento.

Existe tratamento para queda de cabelo durante a gravidez?

Temos duas notícias: U ma boa e outra má. A má notícia é que não existe um tratamento específico comprovado para resolver o problema durante esse período, já que os níveis hormonais ditam as circunstâncias e isso varia de acordo com cada uma. Porém, a boa notícia é que essa situação é temporária. Em geral, ela costuma melhorar de seis meses até um ano do pós parto, porque os hormônios já estarão sob controle novamente.

Queda-de-cabelo-na-gravidez-003

Como a queda de cabelo sempre é algo muito incômodo, é normal que você esteja procurando por uma forma de solucionar o problema, afinal esperar de seis meses a um ano parece ser tempo demais. Porém, vale lembrar que os possíveis tratamentos devem ser indicados somente pelo médico. Isso porque durante a gravidez e o pós-parto, a automedicação ou o uso de produtos e tratamentos não indicados por um profissional pode acarretar em problemas já que componentes prejudiciais dessas fórmulas podem alcançar a corrente sanguínea da mulher e chegar ao bebê, seja durante a gestação ou através do leite materno.

Como evitar a queda de cabelo na gravidez?

Queda-de-cabelo-na-gravidez-004

Seja durante a gravidez ou no pós-parto, o problema da queda de cabelo é inevitável, mas você pode seguir algumas dicas para evitar maiores dores de cabeça. Veja só:

  • Mantenha uma boa alimentação: Driblar a falta de nutrientes não ajuda somente para manter a boa saúde da gestante e do bebê, mas também influencia nos cuidados com os fios.
  • Evite o estresse: Afinal isso também influencia na queda dos fios.
  • Evite pentear o cabelo muitas vezes ao dia: Essa medida também ajuda a evitar vários sustos, afinal é como se você estivesse esperando que os fios caiam em maior quantidade.

Lembre-se: Não tome nenhuma providência sem que o médico dê a última palavra. Além de ser um desperdício de dinheiro, o uso de medicamentos ou tratamentos químicos neste período pode ser prejudicial à saúde do bebê.