Os problemas de infertilidade afetam várias mulheres e adiam o sonho da maternidade. São inúmeros fatores que interferem da capacidade de reprodução e isso tende a piorar com o tempo, ou seja, na medida em que a idade avança.

Antes de entender os problemas que dificultam uma gravidez, é importante compreender como funciona a fertilidade do ser humano. Em comparação com as outras espécies, as nossas chances de conceber uma nova vida são relativamente baixas. A cada mês, um casal tem 20% de chance de engravidar. Essa porcentagem se torna ainda menor com um quadro de infertilidade.

Os problemas de infertilidade podem ter diferentes causas. (Foto: Divulgação)
Os problemas de infertilidade podem ter diferentes causas. (Foto: Divulgação)

Problemas de infertilidade

Confira a seguir mais detalhes sobre os problemas de infertilidade:

Endometriose

Uma vez por mês, o tecido do endométrio descama e é expelido para fora do corpo através da menstruação. No entanto, alguns pedaços podem permanecer no organismo e crescer fora do útero, então temos um caso de endometriose.

A endometriose se destaca como uma das principais causas de infertilidade feminina. Ela tem alguns sintomas típicos, como menstruação com muita cólica, sangramento intenso e aborto espontâneo. Para resolver o problema, os médicos normalmente realizam uma Laparoscopia, um procedimento que remove os tecidos anormais. Cerca de 40% das mulheres conseguem engravidar 1 ano depois da cirurgia.

A endometriose pode tornar as mulheres inférteis. (Foto: Divulgação)
A endometriose pode tornar as mulheres inférteis. (Foto: Divulgação)

Obstrução nas trompas

A infertilidade feminina pode estar relacionada a uma obstrução nas trompas. Isso acontece quando as tubas uterinas são danificadas e dificultam a chegada dos óvulos ao útero, bem como a dos espermatozoides. A Laparoscopia é a solução para o problema, mas as chances de engravidar após a operação são poucas.

Óvulo de baixa qualidade

Muitas mulheres não conseguem engravidar porque apresentam óvulos danificados ou com anomalias cromossômicas. Esse problema afeta principalmente as mulheres com mais de 35 anos de idade. A única solução para engravidar é a doação de óvulo ou embrião.

Consulte um médico para conhecer o melhor tratamento. (Foto: Divulgação)
Consulte um médico para conhecer o melhor tratamento. (Foto: Divulgação)

Problemas de ovulação

Quando a mulher sofre de um distúrbio hormonal, como é o caso da síndrome do ovário policístico, os seus ovários não conseguem liberar óvulos maduros. Com isso, a fecundação se torna mais difícil e requer tratamento para conseguir engravidar. O problema é tratado com medicamentos que melhoram a ovulação e regulam os hormônios. As chances de gravidez são de 20 a 60% após tratar o distúrbio.

Se, depois de muitas tentativas, a gravidez não acontecer, é recomendado buscar ajuda de um médico especialista. Esse profissional realizará exames tanto na mulher quanto no homem para diagnosticar o problema que interfere na fertilidade. Ele também tem condições de indicar o melhor tratamento de fertilidade para o casal.

Recomendados para você: