anticoncepcional001

Algumas das maiores dúvidas femininas tem a ver com o seu ciclo menstrual e com os métodos contraceptivos. Um dos mais utilizados pelas mulheres é a pílula anticoncepcional, que também traz muitas dúvidas quanto ao seu uso, especialmente quando diz respeito a pausa dos 7 dias, feita entre uma cartela ou outra. Para entender do que se trata é bom entender um pouquinho sobre como tudo funciona desde o início, vamos lá?

O que é a pausa dos 7 dias?

anticoncepcional002

Trata-se da pausa feita entre o fim de uma cartela e o incídop de outra do anticoncepcional:  A indicação para tomar a pílula (válido para cartelas com 21 comprimidos) consiste em tomar o primeiro comprimido da cartela no primeiro dia da menstruação, tomando uma pilula por dia até o fim desta cartela.

Cada comprimido deve ser tomado sempre no mesmo horário, e em caso de atrasos, tomar assim que houver a lembrança caso o horário tenha sofrido atraso inferior ou igual a 12 horas (outros procedimentos devem ser tomados caso a interrupção seja maior e para isso o mais certo é consultar o ginecologista).

Ao fim da cartela faz-se a pausa dos sete dias, (ou quatro, dependendo do medicamento indicado) na qual normalmente a mulher menstrua, e no oitavo dia iniciar a nova cartela, independente de a menstruação ter acabado ou não.

Essa pausa dos sete dias serve para que o endométrio – membrana que reveste a parede do útero e permite o alojamento do embrião no local e formação da placenta – possa se recuperar da preparação que fez para uma possível gestação e se descamar pra aguardar um novo ciclo de ovulação, eliminando resíduos e limpando o útero.

Pausa dos 7 dias e a menstruação não veio. E agora?

Como nem tudo é fácil, há casos nos quais a menstruação não vem e essa é uma das maiores dúvidas femininas. A respeito disso existe um consenso de que, durante a pausa dos sete dias, não há possibilidades da mulher engravidar, visto que o uso da pílula bloqueia a ovulação. Isso desde que a pílula seja sempre tomada no mesmo horário, sem esquecimento. Já em casos onde há atrasos ou modo errado de tomar o medicamento, é possível que a eficácia seja comprometida.

anticoncepcional003

De qualquer modo, vale lembrar que, em caso de dúvidas é preciso procurar um ginecologista, especialmente se durante os dias em que você tomou o contraceptivo houve episódios de vômito ou diarréia. Como cada mulher tem características diferentes, vale a pena tirar a dúvida e ter o aconselhamento da maneira mais profissional possível.

Recomendados para você: