O que não deve comer na gravidez? O post de hoje é para quem já está cansada de tantos mitos e verdades em torno do que grávidas podem ou não podem comer. Com ajuda de especialistas a lista do que é aconselhável e do que não é está super completa para você não sofrer na hora de se alimentar.

O que não deve comer na gravidez

Não deve comer na gravidez

O início  da gravidez são os meses mais sensíveis para a mamãe e para o bebê, então cuide do seu corpo. Mesmo com tantos enjoos e náuseas, não deixe de se alimentar adequadamente e beber muita água para se manter hidratada, é essencial.

Em geral, a dieta de mulheres grávidas é cercada de diferentes restrições e limitações, como a que se refere ao consumo de álcool e a vetada condição de evitar a ingestão de alimentos crus.  A mulher que está se preparando para ser mãe deve lembrar-se sempre de que sua alimentação, a partir do momento de concepção, deve ser equilibrada e balanceada para nutrir tanto ao seu próprio organismo quanto ao bebê que está para nascer.

Dieta equilibrada na gestação

Adequada e devidamente trabalhada, a alimentação de uma gestante deve priorizar o consumo de diversos grupos alimentares, sem cometer exageros em nenhum deles para evitar o acúmulo de gordura ou o prejuízo à saúde do feto.

Tendo sempre em mente a organização de sua dieta, a gestante pode perder o medo de consumir seus alimentos favoritos, mas deve lembrar-se sempre de ponderar a quantidade de cada ingrediente para não pesar para nenhum dos dois – tanto para ela, quanto para o bebê.

Não deve comer na gravidez

Principais nutrientes na gestação e alimentos fontes:

Cereais integrais: São ricos em fibras, vitaminas do complexo B que além de auxiliarem na formação neurológica do feto, contribuem para a boa forma da mãe. Por serem ricos em fibras, controlam a ansiedade e fornecem energia.

Frutas, Verduras e Legumes: Fonte de frutose (açúcar da fruta), fibras, água, vitaminas e minerais, as frutas são essenciais para garantir funcionamento regular do organismo da mãe, melhorar o trânsito intestinal, fortalecer o sistema imunológico, ser antioxidante, e, o melhor de tudo é que estes benefícios se repassam ao bebê.

Alimentação saudável na gestação

Grãos, vegetais verdes escuros: São fontes de ácido fólico, cálcio, antioxidantes, vitaminas do complexo B. É fundamental no desenvolvimento do tubo neural do feto principalmente no primeiro trimestre de gestação. Além destes benefícios para o bebê, os grãos (feijão, soja, ervilha, lentilha) possuem triptofano, um aminoácido que ajuda a regular a ansiedade evitando a compulsão alimentar e dando maior sensação de relaxamento e saciedade. Eles são então, um ótimo aliado na dieta para grávidas.

Leite e derivados: O cálcio é essencial para o feto no desenvolvimento da parte óssea e estrutural. São alimentos proteicos que oferecem maior saciedade, aceleram o metabolismo e ajuda manter a boa forma da gestante. Opte sempre pelas versões desnatadas e/ ou de soja (leite de soja, tofu).

Peixes, sementes oleaginosas: Ricos em ômega-3, o salmão, sardinha, castanhas, linhaça, azeite de oliva são poderosos antioxidantes que auxilia no fortalece o sistema imunológico, previne o envelhecimento celular, permite uma melhor transmissão de impulsos nervosos. Para o feto é muito importante para a formação de células e do funcionamento neurológico. Pode ajudar a manter a boa forma da mãe uma vez que este tipo de ácido graxo oferece mais saciedade, ajuda na hidratação e modula os impulsos nervosos.

Não deve comer na gravidez

Alimentos que não devem ser consumidos na gravidez

Com uma dieta adequada e evitando os alimentos proibidos durante a gravidez, você evita riscos e cuida para que a saúde do seu pequeno seja a melhor possível. Além disso, é preciso passar por todas as revisões e exames do pré-natal.

Não deve comer na gravidez: Carne malpassada ou crua

A carne é proteína animal e aporta benefícios para o bebê. Por isso vegetarianos devem consultar um nutricionista para equilibrar os nutrientes que precisam consumir. Porém a carne crua ou malpassada pode estar contaminada com a toxoplasmose, que é um parasita que causa a doença com o mesmo nome. O parasita resiste à carne crua e malpassada, sendo eliminado apenas quando a carne é bem cozida.

Não deve comer na gravidez

A toxoplasmose é uma doença que pode passar desapercebida se contraída em outro momento da vida, porém durante a gravidez pode provocar malformações no bebê.

Além de evitar ingerir carne malpassada e crua, também evite os alimentos de carne processada que são feitos a partir de carne crua, como carne seca, presunto de Parma ou Serrano, por exemplo. O presunto defumado é uma alternativa nesse caso.

Não deve comer na gravidez

Não deve comer na gravidez: Sushi

A comida japonesa, especialmente Sushi é muito consumido no Brasil, mas estão na lista de alimentos proibidos durante a gravidez quando estiverem preparados com peixe cru. Apesar de não ter o parasita da toxoplasmose, o peixe pode conter larvas de anisakis.

Estes parasitas não afetam diretamente o bebê, mas podem levar a gestante a adoecer gravemente e como consequência prejudicar a gravidez.

Para evitar o anisakis você precisa deixar de comer peixe cru, ou se quiser comer, antes deve congelar o peixe durante 48 horas, pois dessa forma as larvas de anisakis morrem. Limpe muito bem o peixe antes de prepara-lo, retire as vísceras e cozinhe em alta temperatura.

O mais seguro será perceber se no restaurante de sushi onde queremos ir o peixe é previamente congelado, e se há boas condições higieno-sanitárias na preparação do sushi. Se tudo estiver ok, então algumas refeições de sushi na gravidez não deverão ter complicações.

Também o sushi que se vende congelado pode ser consumido por grávidas. Outra opção segura é o sushi do tipo hot.

Também devemos escolher variedades com baixo nível de mercúrio, como o salmão e o camarão e não abusar do atum, por ter muito mercúrio.

Não deve comer na gravidez:  Fígado

Fígado é um alimento muito nutritivo e contém uma grande quantidade de vitamina A e também concentra todas as substâncias químicas que o animal ingeriu durante sua vida. Grandes quantidades de vitamina A podem provocar malformações no bebê. Para evitar qualquer risco, evite comer fígado principalmente no primeiro trimestre da gestação.

Não deve comer na gravidez

Não deve comer na gravidez:  Queijos não pasteurizados

Quando quiser comer queijo, melhor que seja curado, pasteurizado e que tenha consistência dura. Os queijos não pasteurizados ou os que contém fungos, como o roquefort, podem ter a bactéria listeria.

Esta bactéria é muito grave para o bebê e pode gerar muitas complicações na gravidez, que para evitar, incluímos os queijos não pasteurizados na lista de alimentos proibidos durante a gravidez.

Não deve comer na gravidez

Não deve comer na gravidez:  Ovo cru

Ovo cru ou alimentos preparados com ovo cru, como a maionese e o tiramissú podem conter Salmonella. Esta bactéria pode causar uma intoxicação alimentar e consequências graves tanto para a mãe quanto para o bebê.

Não deve comer na gravidez

Grávidas podem comer pimenta?

Para cortar qualquer mito sobre o assunto, a pimenta pode sim ser consumida pelas gestantes, pois não traz nenhum tipo de interferência para o desenvolvimento do feto ou do bebê. Sem afetar, igualmente, ao leite materno oferecido durante a amamentação, o consumo da pimenta continua sendo uma escolha inteligente e saudável na garantia de seu bem estar.

O consumo deve ser moderado para mulheres que apresentam problemas ou sensibilidade gástrica, pois, em excesso, alguns tipos de pimenta podem provocar inflamações no tubo gástrico, causando azias ou problemas relacionados. Não há necessidade de cortar o alimento de sua dieta, a pimenta traz diversos benefícios para a saúde, além de contribuir com a nutrição no período de formação do feto. Esqueça a ideia de que a pimenta atrapalha no parto!

Fique de olho na alimentação durante toda a gravidez e espero que tenham curtido todas as dicas!

Você vai gostar das dicas para emagrecer após a gestação com 5 truques infalíveis.

Recomendados para você: