infeccao-urinaria-gravidez

Grande parte das mulheres podem desenvolver um quadro de infecção urinária durante a gestação.

Porém, se ele não for tratado devidamente, pode causar muitos males, além de dor, ardência ao urinar e desconforto, com chances de chegar até os rins e de ocasionar um aborto espontâneo. Os sintomas podem incluir dor e ardência na pelve, no ventre, febre, náuseas e vômitos, urina com o cheiro forte e com sangue e pus, e desconforto durante a relação sexual.

Formas de tratamento

Mais uma vez, é de extrema importante salientar  que a infecção é a segunda causa de aborto em fetos de até três meses, do aumento das chances do crescimento intra-uterino retardado, e da baixa de peso do bebê.

Medicações como antibióticos podem ser usados e exames de cultura serão pedidos para identificar que tipo de bactéria está causando o problema.

stomach_hair_removal_methods_lq6au

Felizmente, o pré-natal, que deve ser realizado desde o início da gestação, pode prevenir todos esses males. não deixe de consultar o seu médico se notar que está com febre ou dor ao fazer xixi. Outra forma de evitar a infecção urinária
é beber bastante líquido.

Os remédios que tratam o problema em não gestantes não são os mesmos utilizados em mulheres grávidas. Além disso, o problema pode persistir depois do parto, trazendo riscos como o mau funcionamento dos rins.