Mulher-grávida-001

A gravidez é um momento importante na vida da mulher, mas também é uma fase que desperta muitas dúvidas nas futuras mamães. São muitos os conselhos e os “não pode” que as gestantes escutam durante os nove meses, mas alguns deles são apenas lendas ou precisam ser analisados individualmente de acordo com cada gestação. Quer saber o que pode e o que não pode na gravidez? Então descubra:

Mulher-grávida-001

Cada gestação ocorre de maneira diferente e isso deve ser levado em consideração. Gravidez não é doença, mas alguns cuidados devem ser tomados. Esses cuidados dependem do histórico médico de cada mulher ou de particularidades que só podem ser avaliados por profissionais médicos.


O que pode:

Veja o que as grávidas podem fazer:

Fazer depilação:

Se você se incomoda com os pelinhos pelo corpo, a boa notícia é que gestantes podem fazer depilação com lâmina e cera. Porém, o mesmo não pode ser dito sobre depilação a laser. Como não foram realizados testes com grávidas, não há informações sobre efeitos. Isso significa que o procedimento não é recomendável com o método.

Tomar banho de banheira:

Banho de banheira está liberado desde que a água não seja muito quente. Isso significa que a água não deve estar a uma temperatura superior a 38ºC. Durante os três primeiros meses da gestação, o excesso de calor pode provocar má formação do feto, assim como o aumento de risco de aborto espontâneo devido ao aumento da contralidade uterina.

Mulher-grávida-002

Outra recomendação importante é deixar a porta do banheiro entreaberta para evitar acúmulo do vapor. Ambientes muito quentes podem fazer com que a pressão da gestante possa cair de maneira acentuada, com risco de desmaio e diminuição do fluxo sanguineo para o feto, especialmente após o segundo trimestre. Por esse mesmo motivo a sauna deve ser um ambiente a ser evitado.

Ter contato com animais

Gestantes podem ter animais de estimação, mas os cuidados devem ser redobrados especialmente no caso de gatos. No caso dos felinos é devido ao fato de o parasita responsável pela infecção por toxoplasmose estar presente nas fezes do bichinho, o que não acontece com cães e outros animais domesticos. Apesar disso a recomendação é a mesma: a apenas que a tarefa de limpar fezes e urina deve ficar para outra pessoa. Caso não tenha como fazer isso, você deverá usar luvas descartáveis.

Dirigir:

Grávidas podem dirigir pelo menos até o oitavo mês de gestação. Isso se deve ao fato de que, no fim da gravidez, há mais riscos de traumas sobre o abdômem já que colisões podem provocar descolamento de placenta. No entanto é preciso tomar cuidado com a direção durante o período em que os enjoos e as náuseas estiverem fortes pois pode interferir nos reflexos.

Ter relações sexuais

Mulher-grávida-007

Gestantes podem ter relações sexuais durante todo o período da gravidez desde que essa gestação esteja ocorrendo normalmente. Relações sexuais devem ser evitadas caso haja um problema específico indicado pelo médico como risco de trabalho de parto prematuro, placenta baixa ou quando a gestação estiver no fim, quando ocorre dilatação do útero. Sangramento ou cólicas devem ser avisados ao obstetra.

Tomar café

Gestantes podem consumir café ou bebidas que contenham cafeína desde que a quantidade esteja limitada entre quatro e seis xícaras por dia. Ou seja: consumo moderado. E como refrigerantes, chá-preto e alguns chocolates também contém a cafeína, é preciso pensar bem no assunto antes de escolher o que pretende beber. Doses de cafeína acima de 300 mg diárias podem causar risco de aborto espotâneo, prematuridade e restrição do crescimento do feto.

Fazer exercícios físicos:

Mulher-grávida-004

Grávidas podem praticar atividades físicas, mas depende de qual é a modalidade. Natação, hidroginástica, caminhada, ioga e pilates são permitidas, assim como a musculação – desde que sob supervisão e com uso de pesos menores. Já as atividades de impacto como corrida, jump e step não são recomendadas. De qualquer modo, a palavra é do obstetra já que cada gestante tem características e históricos diferenciados.

Fazer tratamento dentário

A gestante deve cuidar dos dentes, portanto ela está apta a receber anestesia para este tipo de tratamento desde que o profissional esteja ciente da gravidez de sua paciente já que algumas substâncias das anestesias comuns podem provocar estreitamento nos vasos sanguíneos.

Se você tem medo de dentista lembre-se: os problemas bucais e dentários podem ser associados a partos prematuros e a nascimento de bebês abaixo do peso normal.


O que não pode:

Confira o que está proibido para gestantes pelo menos até segunda ordem.

Descolorir os pelos:

Não há garantias a respeito de que as substância químicas presentes no descolorante não penetrem na pele. Sem contar que o organismo fica mais propenso a apresentar alergias e irritações na pele.

Ingerir bebida alcoólica

Mulher-grávida-005

Bebidas alcoolicas são contraindicadas durante a gestação sendo associados a restrição do crescimento do feto e também a alterações no desenvolvimento do bebê durante a gravidez e mesmo após o nascimento.

Fumar ou usar adesivos de nicotina

O tabagismo durante a gestação pode ocasionar aborto espontâneo, nascimento de feto abaixo do peso, parto prematuro, placenta prévia, deslocamento de placenta, morte perinatal e outros problemas que influenciarão na saúde e na vida do bebê após seu nascimento, como déficit de aprendizado. Mesmo no caso dos adesivos de nicotina, o desenvolvimento cerebral do feto pode ser prejudicado assim como ocasionar parto prematuro.

Ingerir laxante

O ideal é que a dieta da gestante seja rica em alimentos com fibras, mas se ainda assim não funcionar, o laxante deverá ser preescrito por um médico já que alguns medicamentos são contraindicados para grávidas.

Ingerir carne mal passada

Carne crua deve ser riscado temporariamente do cardápio da gestante. O indicado é o consumo de carnes cozidas já que o calor é capaz de eliminar a maioria dos germes.

“Comer por dois”

Grávidas precisam se alimentar sim, mas não significa comer muito. É preciso fazer boas escolhas e ter uma dieta nutritiva e equilibrada para garantir a saúde tanto da futura da mamãe quanto do bebê.

Fazer peeling

Peeling com ácidos não é recomendado para grávidas. As substâncias utilizadas no tratamento podem ser absorvidas pela pele da mãe e, uma vez na corrente sanguínea pode provocar problemas no feto como comprometimento no sistema cardiovascular e nervoso, anomalias na formação de crânio, orelhas e faces.

Tintura, escova progressiva, alisamentos e permanentes no cabelo

cabelo-com-luzes-mechas-001

Progressivas, alisamentos e permanentes estão proibidos durante toda a gravidez. Já tingir o cabelo só após o quarto mês de gravidez já que mesmo os produtos sem amônia ou hena não devem ser utilizadas durante o primeiro trimestre pois não se sabe se as substâncias presentes na fórmula podem ser absorvidas pelo couro cabeludo da gestante. O período de proibição leva em conta o período crítico da formação do feto, mas ainda assim é recomendável deixar a tinrua de lado.

Usar adoçante

O uso de adoçantes deve ser preescrito por um médico já que nem todos os produtos são adequados para o consumo por gestantes.

Usar creme hidratante

Nem todos os hidratantes são adequados para gestantes pois podem possuir ativos como a uréia. De qualquer modo, há linhas de produtos específicos para grávidas. É importante pedir a recomendação de um médico caso tenha dúvidas a esse respeito.

Lembre-se:

Como foi dito nos parágrafos acima, cada gestação ocorre de forma diferente. Isso significa que recomendações e restrições devem levar em conta as características do histórico médico e do pré-natal de cada mulher. Isso deve ser avaliado por seu obstetra de confiança.