GRAVIDEZ-SEMANA-A-SEMANA

Conheça os avanços da Gravidez Semana a Semana com os principais acontecimentos na vida do bebê e da mamãe durante os nove meses de gestação. São, ao todo, 37 semanas. Neste período o corpo da mulher passa por diversas transformações para favorecer o desenvolvimento fetal.

A cada semana, o bebê apresenta uma evolução. A vida começa com o zigoto, evolui para o embrião e, finalmente, se transforma em um feto. Os órgãos e ossos se desenvolvem, bem como as principais características humanas. Fora do útero, a mamãe tem os sintomas típicos da gravidez, que são desencadeados pelas alterações hormonais.

O corpo da mãe muda para favorecer o desenvolvimento do bebê. (Foto: Divulgação)
O corpo da mãe muda para favorecer o desenvolvimento do bebê. (Foto: Divulgação)

Gravidez Semana a Semana

Confira a seguir o que acontece com o bebê e com a mãe ao longo de 37 semanas de gestação:

1ª e 2ª semana

O espermatozoide fecunda o óvulo e forma o zigoto. Este ovo se divide em duas células 24 horas depois da fecundação, que se dividem em quatro e assim sucessivamente. Além de já conter os genes e cromossomos, o zigoto também produz um hormônio exclusivo da gravidez, responsável pela proteção do feto e do útero.

Zigoto, o primeiro vestígio de vida. (Foto: Divulgação)
Zigoto, o primeiro vestígio de vida. (Foto: Divulgação)

Nas primeiras duas semanas, a mulher não sente diferença no seu corpo. Contudo, ela pode apresentar um pequeno sangramento por causa da implantação do óvulo no útero. É comum confundir esse sintoma de gravidez com menstruação, mas o fluxo é bem menor.

3ª e 4ª semana

A placenta começa a se formar, com o objetivo de proteger o enbrião e filtrar os nutrientes que ele precisa para se desenvolver. Na quarta semana, o embrião mede de 0,036 a 1mm. A mãe, no início da gravidez, deve evitar atividades físicas que envolvam impacto, pois esta é a fase de maior risco de aborto espontâneo. Na quarta semana, é comum começarem os enjoos e os seios ficam doloridos.

5ª e 6ª semana

Na quinta semana, o embrião já tem 5mm, ou seja, o mesmo tamanho de um grão de feijão. Diversas estruturas do seu minúsculo corpinho já estão se formando, como ossos, olhos, coração e ouvidos. Nesta fase da gravidez, a frequência urinária da mulher aumenta por causa das mudanças hormonais que estão acontecendo no seu corpo.

Bebê se desenvolvendo, ainda é muito pequenino. (Foto: Divulgação)
Bebê se desenvolvendo, ainda é muito pequenino. (Foto: Divulgação)

O desenvolvimento do coração do bebê se intensifica na sexta semana, já possuindo seis cavidades. É ainda um ser muito pequenino: de 8 e 11 mm. A mamãe, por sua vez, começa a perceber que o seu corpo está mudando. A libido cai e os enjoos se tornam mais fortes.

7ª e 8ª semana

Na sétima semana, o bebê já tem um coração e um cérebro com estruturas complexas. Ele é apenas uma bolinha com uma cauda, mas se mexe bastante. A mulher não percebe os movimentos do feto, mas começa apresentar oscilações de humor e sonolência.

Na oitava semana, o aspecto humano do embrião se torna ainda mais nítido. Com 31 mm, ele cabe na palma da mão. Por fora, sua mãe começa a ter desejos de alimentos e dores de cabeça moderadas.

9ª e 10ª semana

Na nona semana de gestação, o bebê apresenta um crescimento muito acelerado. Já pesa cerca de 10 gramas e tem o sexo definido. Os braços e as pernas já existem, mas ainda estão se formando. A mulher ainda não tem uma barriga visível na nona semana, mas sente dores nas costas e enjoos.

A mamãe sente os primeiros sintomas da gravidez. (Foto: Divulgação)
A mamãe sente os primeiros sintomas da gravidez. (Foto: Divulgação)

Na décima semana, as costelas do feto se formam, assim como os dedos das mãos e dos pés. Os principais órgãos do pequeno corpinho já estão formados e perfeitos. Nesta etapa da gravidez, a mulher percebe o aumento da salivação.

11ª e 12ª semana

Na décima primeira semana o bebê está completamente formado, mas ainda assim pequeno: o tamanho de um polegar. Já a mulher, durante o exame de ultrassom, pode pedir para ouvir o coraçãozinho do seu filho.

É na semana 12 que o bebê está salvo de anatomias físicas, pois o seu corpo já está completamente desenvolvido. Por fora, a mamãe percebe que os sintomas de mal-estar estão menores e sua barriga está crescendo.

O bebê começa a adquirir feições humanas. (Foto: Divulgação)
O bebê começa a adquirir feições humanas. (Foto: Divulgação)

13ª e 14ª semana

Na 13ª semana, o bebê ainda é um ser bem pequeno e tem o tamanho de meia banana. Nesta fase, suas impressões digitais começam a se formar. A mulher entra no segundo trimestre da sua gravidez. Ela começa a sentir menos náusea e mais energia para realizar as suas atividades.

É por volta da décima quarta semana que o tato e o paladar do bebê começam a se desenvolver. Ele também já tem alguns fios de cabelo e os seus músculos começam a funcionar. A mãe ainda tem uma barriga pequena e sente enjoos.

15ª e 16ª semana

Nas semanas 15 e 16, o bebê já tem mais de 10 cm e pesa 50 g. Ele começa a ter soluços e o movimento da respiração é considerado percursor. A mamãe tem a barriga proeminente, por isso deve usar roupas folgadas.

17ª e 18ª semana

Na semana 17, o esqueleto do bebê está amadurecendo e as orelhinhas já estão no lugar certo. Nesta etapa da gravidez, a mulher consegue sentir o filho mexendo na barriga.

Com 18 semanas, o bebê atinge 15 centímetros. Ele é capaz de reconhecer a voz da mãe e identificar barulhos fora do útero. Nesta fase, a mulher precisa ter uma preocupação mais intensa com o seu pré-natal.

Os sentidos do bebê começam a se desenvolver. (Foto: Divulgação)
Os sentidos do bebê começam a se desenvolver. (Foto: Divulgação)

19ª e 20ª semana

Na semana 19, o desenvolvimento sensorial do bebê está cada vez maior. Tato, olfato, paladar e audição estão cada vez mais apurados. A mamãe, por sua vez, pode sentir dores na região do baixo ventre.

Com 20 semanas, o bebê já tem 25 cm e os seus dedinhos já estão todos separados. Nesta fase, se a mamãe realizar um ultrassom 3D, ela consegue ver detalhes do rosto do seu filho.

21ª e 22ª semana

Nas semanas 21 e 22, o bebê está crescendo e ganhando peso. Ele já tem 250g, além de sobrancelhas, cílios e unhas. Nesta fase a mulher começa a engordar e fica mais desajeitada, o ideal é que a mulher engorde entre 7 e 15kg durante a gestação. As dores nas costas também são mais frequentes nesta altura da gestação.

23ª e 24ª semana

O feto chega aos seis meses de vida com 32 centímetros e com a capacidade de reconhecer a voz de sua mãe. Nesta quinzena, a mulher já ganhou mais de 6 quilos desde o início da gravidez e pode sentir o coração mais acelerado.

A mamãe sente o corpo cada vez mais pesado e dores nas costas. (Foto: Divulgação)
A mamãe sente o corpo cada vez mais pesado e dores nas costas. (Foto: Divulgação)

25ª e 26ª semana

Neste período, o bebê tem o costume de dormir durante o dia e ficar agitado durante a noite. Já possui cerca de 1 quilo. Mesmo sem ar nos pulmões, ele já realiza alguns exercícios de respiração. No caso da mamãe, a gravidez desencadeia o aumento da pressão arterial e pode causar desconforto.

27ª e 28ª semana

O bebê começa a ganhar peso rápido a partir da 27ª semana. Já a mamãe sente o seu corpo cada vez mais pesado e os seus pés incham.

29ª e 30ª semana

Nesta quinzena, o bebê tem 1,6 kg e aproximadamente 40 cm. Ele já brinca e se movimenta o tempo todo. A mamãe, por sua vez, aproveita este período para repetir alguns exames médicos.

31ª e 32ª semana

Nas semanas 31 e 32, o bebê atinge 2 kg e já consegue virar o pescoço para os lados. Ele está acumulando gordura, por isso o ganho de peso é acelerado. Já a mamãe sente a barriga dura e algumas cólicas.

O bebê ganha peso para nascer forte. (Foto: Divulgação)
O bebê ganha peso para nascer forte. (Foto: Divulgação)

33ª e 34ª semana

Com 33 semanas, o bebê atinge 44 cm, pesa 2,4kg e está praticamente pronto para o nascimento. Fora do útero, temos uma mãe com muita ansiedade e dores nas costas.

35ª e 36ª semana

Neste período, o bebê entra na posição do parto e fica com a cabeça para baixo. Ele não se movimenta tanto e nem chuta, pois o espaço dentro do útero está cada vez mais apertado. A mamãe começa a perceber que o filho pressiona as suas costelas e os órgãos.

37ª e 38ª semana

O bebê está definitivamente pronto e pode nascer a qualquer momento. Neste final da gravidez, a mamãe se sente mais desconfortável e pode ter dificuldades para dormir.

Ei, gente! Nasci. (Foto: Divulgação)
Ei, gente! Nasci. (Foto: Divulgação)

Você acha que pode estar grávida? No início as dúvidas são mais comuns do que se pode imaginar, no que se diz respeito ao desenvolvimento fetal, principalmente para as mamães de primeira viagem. Então assista aos vídeos a seguir e esclareça de vez todas as dúvidas relacionadas a este assunto: