Como alguém fica diabético Existe cura 2

Como a diabetes se desenvolve? Como uma pessoa fica diabética? Existe cura? Essas são apenas algumas das tantas perguntas que costumam ser feitas a respeito do diabetes. As pessoas não sabem ao certo como surge o problema e também desconhecem as melhores formas de tratamento. Diabetes é uma doença que resulta da produção deficiente de insulina pelo organismo. Essa condição, por sua vez, pode desencadear uma série de sintomas agudos e complicações crônicas que necessitam de cuidados especiais.

Tipos de Diabetes

Existem dois tipos de diabetes: a diabete tipo 1 e o diabete tipo 2. Após realizar o diagnóstico da doença, o paciente precisa adotar hábitos de vida saudáveis e realizar o tratamento corretamente para não colocar a sua vida em risco.

O diabetes afeta milhares de brasileiros. (Foto: Divulgação)
O diabetes afeta milhares de brasileiros. (Foto: Divulgação)

Como a Diabetes se desenvolve?

Diabetes tipo 1: Uma pessoa adquire diabete tipo 1 quando o seu pâncreas perde a capacidade de produzir insulina, devido a um defeito no sistema imunológico. Esse hormônio, por sua vez, ajuda o açúcar a entrar nas células de todo o corpo para que elas possam ter uma fonte de energia. O diabetes tipo 1 afeta de 5% a 10% dos diabéticos. Normalmente os pacientes nascem com uma pré-disposição para desenvolver o problema. No caso do tipo 1, o diagnóstico acontece durante a infância ou na adolescência. Alguns sintomas podem indicar a presença de diabetes tipo 1 no organismo, como vontade de urinar várias vezes por dia, fraqueza, nervosismo, fraqueza, fome frequente, perda de peso, sede constante e mudanças de humor.

O diabetes tipo 1 requer aplicação de insulina. (Foto: Divulgação)
O diabetes tipo 1 requer aplicação de insulina. (Foto: Divulgação)

Diabetes tipo 2: Quando o corpo deixa de utilizar a insulina adequadamente, a pessoa pode estar sofrendo de diabetes tipo 2. Nesse caso, o pâncreas não chega a parar de produzir insulina, mas o hormônio deixa de desempenhar o seu papel no corpo, ou seja, não oferece às células do sangue o açúcar que elas necessitam. As causas que levam a falta de comunicação entre os receptores de insulina ainda são desconhecidas. No entanto, sabe-se que uma pessoa desenvolve diabetes tipo 2 quando tem pressão alta, tem colesterol alto ou sofre de obesidade. Ter parentes diabéticos próximos também aumentam as chances de desenvolver a doença. As pessoas que sofrem com diabetes tipo 2 desenvolvem alguns sintomas típicos. Elas costumam apresentar infecções com frequência, formigamento nos pés, problemas de visão  feridas que tardam a cicatrizar.

O diabetes tipo 2 pode ser controlado com medicamentos.
O diabetes tipo 2 pode ser controlado com medicamentos.

Diabetes tem cura?

O diabetes é uma doença crônica, que não tem cura, mas pode ser tratada. Os diabéticos devem procurar deixar os níveis de glicose sempre entre 70 e 100mg/dL para não sofrer com as complicações típicas da doença. No caso do paciente com diabetes tipo 1, o tratamento é realizado com a aplicação de injeções de insulina. Já os portadores do tipo 2 precisam administrar medicamentos orais para diminuir a resistência do organismo à insulina. Para controlar a glicemia e conviver bem com o diabetes, os pacientes precisam adotar uma rotina de exercícios físicos e uma dieta balanceada.