Conheça chás para menopausa poderosíssimos para diminuir os sintomas e que ajudam muito na reposição hormonal.

Aqui no Muito Chique há muitas informações sobre o assunto mas parece que sempre temos novidades para complementar. Afinal a Menopausa é uma fase inevitável da vida da mulher e queremos estar ao lado das leitoras nessa hora. Informando e esclarecendo as dúvidas através do que é publicado de mais moderno em pesquisas sobre o tema.

Sabemos que a menopausa pode vir com sintomas desagradáveis e até mesmo traumáticos para uma mulher, como ressecamento vaginal, perda da libido, depressão, ondas de calor, insônia, dores musculares, entre outros. Por isso, vários tratamentos farmacológicos são procurados por mulheres em menopausa, que visam substituir os hormônios que abaixam de nível nesta fase da vida. A reposição hormonal é indicada pelos médicos mas nem todas podem se beneficiar dela.

Chás para menopausa

Então, o que fazer nesse caso? Saiba que  estudos recentes mostram que existem opções naturais (e com menos efeitos colaterais) que podem cumprir o papel dessa reposição hormonal. Por isto, separamos uma lista com chás de ervas naturais que podem ajudar com os sintomas que mencionamos, para que a menopausa seja encarada com maior tranquilidade e qualidade de vida.

O que consumir para aliviar os sintomas da menopausa

Para começo de conversa saiba que além dos chás a alimentação deve ser focada em alimentos que tenham os nutrientes abaixo. Fizemos uma lista dos principais benefícios deles que tem a ver com o alívio dos sintomas da menopausa. Converse com seu médico ou nutricionista sobre o que melhor se encaixa dentro de cada grupo alimentar. O blog também dispõe de muitas receitas envolvendo esses grupos de alimentos e você pode se divertir aprendendo como cuidar da saúde. Que tal?

  • Vitamina E – Encontrada em sementes e óleos vegetais. Responsável por diminuir as ondas de calor.
  • Vitamina B6 – Encontrada em cereais integrais, ovos e grãos. Tem papel importante na formação de neurotransmissores que auxiliam na melhoria do bem estar.
  • Vitamina C – Encontrada em frutas cítricas. Muito importante para síntese de hormônios ovarianos.
  • Ácido Fólico – Encontrado em vegetais verdes escuros. Auxilia na reposição de DNA e na diminuição do risco de câncer de mama.
  • Magnésio – Encontrado em cereais integrais, grãos, beterraba e semente oleaginosas. Permite a manutenção do bom humor, do relaxamento muscular e da formação de neurotransmissores.

  • Cálcio – Encontrado em vegetais verdes, leites e derivados. Essencial para garantir a massa óssea e contração muscular eficiente.
  • Vitamina D3 – Encontrada em óleos vegetais. Auxilia no fortalecimento do sistema imunológico, além de melhorar a absorção de cálcio.
  • Selênio – Encontrado em castanha do Pará. Tem efeito antioxidante, permitindo o fortalecimento das funções cerebrais.
  • Ômega 3 – Encontrado em linhaça e peixes de água fria. Tem capacidade de melhorar as funções cerebrais, impulsos nervosos, e regulação da ação insulínica – glicose, diminuição do colesterol ruim e melhoria da fluidez sanguínea.
  • Proteínas de alto valor biológico – Encontradas em ovos e carne bovina. Evita o enfraquecimento e/ou diminuição da massa muscular.
  • Zinco – Encontrado em frutos do mar e peixes em geral. Componente fundamental para a síntese de hormônios, além de permitir melhoria das funções ovarianas e funções estrogênicas.

Receitas de chás para menopausa

O MAIS FAMOSO:  Chá de folha de amoreiras

Esse chá medicinal teve origem há vários séculos na medicina oriental e vários estudos modernos demonstraram seus benefícios nos últimos anos. A folha de amoreira tem vários compostos químicos que ajudam a regular os hormônios femininos, além de propriedades que amenizam os sintomas mais desagradáveis da menopausa. O alto teor de cálcio da folha também ajuda a repor o mineral no organismo e a evitar uma das doenças mais comuns que são predispostas pelo declínio hormonal: a osteoporose.

Além disso, o chá também ajuda a combater a hipertensão e o diabetes (duas doenças muito comuns da meia-idade) e seus antioxidantes também funcionam para prevenir alguns tipos de câncer. Pessoas que consomem o chá rotineiramente também relatam melhora da qualidade do sono, maior disposição física e diminuição da ocorrência de doenças infecciosas. O chá pode ser consumido quente ou frio (de preferência em menos de 24 horas após ser feito) e a infusão é normalmente feita com uma colher de sopa de folhas de amoreiras secas em um litro de água.


Chá de trevo vermelho

Por ser rico em fitoestrógeno e isoflavona, responsáveis por imitar no corpo o efeito do estrogênio, a bebida pode ajudar a imitar a presença do hormônio no organismo e você vai sentir menos os sintomas da menopausa. Pode ser tomada de duas a três vezes por dia sem problemas.


Chá de ginkgo biloba

O foco da erva é ajudar a melhorar as funções cognitivas como mudanças contantes de humor e depressão. Pode ser tomado de duas a três vezes por dia e ajuda no equilíbrio dos níveis de estrogênio do organismo feminino.


Chá de ginseng

Quer se sentir mais disposta todos os dias? Esta é ver ideal e já vendida em cápsulas. O chá pode ser feito com galhos ou suas folhas e ajuda na disposição, vitalidade e até secura vaginal, além de ser um ótimo desintoxicante.


Chá de Damiana

A damiana é uma planta medicinal indicada para combater os sintomas da menopausa, especialmente a secura vaginal e a falta de desejo sexual.

Ingredientes

  • 10 a 15 g de folhas de damiana
  • 1 litro de água

Modo de preparo

Adicionar 10 ou 15 g de folhas em 1 litro de água fervente. Beber 1 xícara por dia.


Chá de Verbena

A verbena é conhecida por estimular a digestão, mas também é um ótimo antidepressivo e regulador do humor.

Ingredientes

  • 50 g de folhas de Verbena
  •  1 litro de água

Modo de preparo

Adicionar as folhas na água fervente e deixar repousar por 10 minutos. Coar e tomar 3 vezes ao dia.


Chá 5 ervas para menopausa

Este chá contribui para a mulher encontrar o bem-estar na menopausa e pode ser consumido diariamente como forma de reposição hormonal natural.

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de damiana
  • 1 colher de sopa de ginseng siberiano
  • 1 colher de sopa de gotu kola
  • 1 colher de sopa de rosa
  • 1 colher de sopa de verbena
  • 1 litro de água

Modo de preparo

Ferver a água e a seguir adicionar todas as ervas acima citadas deixando repousar por 5 minutos. Coar e tomar ao longo do dia, morno ou frio. Se desejar adoce com mel ou stévia.


Chá de aquileia, alquemila e sálvia

Esse chá é composto por três ervas com efeitos sabidamente positivos sobre os sintomas da menopausa. A sálvia tem propriedades calmantes, antioxidantes e ansiolíticas. A alquemila melhora o trânsito intestinal e seus flavonoides ajudam a repor níveis hormonais. A aquileia ajuda a manter a hidratação natural da pele, que fica dificultada na menopausa, e tem propriedades anti-inflamatórias e analgésicas.

O chá deve ser feito misturando-se as três folhas em um recipiente com tampa até que ressequem. Quatro colheres de chá da mistura são suficientes para serem infundidas em um litro de água.


Você também vai gostar de ler estas matérias:


Dicas:

Além da ingestão de chás como tratamento natural para os sintomas da menopausa, confira outras dicas úteis para lidar melhor com esta etapa:

  • Controlar o peso;
  • Manter uma alimentação saudável, rica em frutas, verduras, legumes e alimentos pouco calóricos;
  •  Tomar bastante líquidos;
  • Praticar atividades físicas;
  • Evitar fumar;
  • Atentar-se ao seu estado de humor;
  • Ingerir vitamina E.

 

Recomendados para você: