remédio-para-parar-de-fumar

A Bupropiona é uma medicação que tem como principal ativo o cloridrato de Bupropiona. Ela é indicada para combater a ansiedade e outros sintomas relacionados à depressão. No entanto, muitas pessoas estão recorrendo ao remédio para conseguir emagrecer.

O antidepressivo Bupropiona, também conhecido pelo nome comercial Zyban, tem se revelado eficaz no tratamento para parar de fumar, afinal, ele consegue controlar os sintomas de abstinência do cigarro. O seu uso contra o tabagismo já acontece há mais de 20 anos.

A Bupropiona ajuda a enfrentar a abstinência do cigarro. (Foto: Divulgação)
A Bupropiona ajuda a enfrentar a abstinência do cigarro. (Foto: Divulgação)

Como funciona a Bupropiona?

A nicotina, principal substância do cigarro, estimula a liberação de dopamina, um neurotransmissor que está ligado à sensação de prazer e bem estar. Quando a quantidade de dopamina é reduzida, a pessoa sente vontade de fumar para recuperar a sensação (é nesse contexto que nasce o vício e todos os sintomas de abstinência).

A Bupropiona, quando administrada adequadamente, consegue competir com o tabaco, já que também aumenta a quantidade de dopamina. O consumo de Bupropiona é compatível com outros medicamentos, principalmente vasoconstritores e os broncodilatadores. Em todo o caso, as pessoas que sofrem de problemas cardíacos e pressão alta precisam conversar com o médico sobre as condições.

Indicações da Bupropiona

A Bupropiona é indicada para as pessoas que estão tentando parar de fumar, mas não conseguem lidar com os sintomas de abstinência. Ela também costuma auxiliar o tratamento da depressão. Em todo caso, é fundamental contar com prescrição médica para usar o remédio. Um dos efeitos colaterais da Bupropiona é o emagrecimento. No entanto, o remédio não pode ser receitado para esse fim.

O emagrecimento é um efeito colateral do remédio. (Foto: Divulgação)
O emagrecimento é um efeito colateral do remédio. (Foto: Divulgação)

Contraindicações da Bupropiona

Nem todas as pessoas podem se tratar com Bupropiona. O remédio não é indicado para quem sofre de epilepsia, convulsões, anorexia nervosa, bulimia ou problemas neurológicos graves. O antidepressivo também deve ser evitado por grávidas e lactantes.

Efeitos colaterais Bupropiona

O medicamento pode desencadear alguns efeitos colaterais, como é o caso da boca seca, perda de peso, tremor, tontura, agitação, insônia, sudorese, aumento do apetite, taquicardia, dor de cabeça, aumento do apetite, fraqueza, irritabilidade, dor muscular, manchas de pele, febre, entre outros. Para evitar essas reações, é fundamental contar com acompanhamento médico.

Antes de consumir o medicamento, é importante consultar um médico. (Foto: Divulgação)
Antes de consumir o medicamento, é importante consultar um médico. (Foto: Divulgação)

Posologia Bupropiona

Se o objetivo é tratar a depressão, então a dose recomendada para adultos é de um comprimido de 150 mg por dia. Se o quadro não melhorar, o médico pode aumentar a dosagem diária para 300 mg.

Quem está querendo abandonar o cigarro deve ingerir a dosagem diária de um comprimido de 150 mg, durante os três primeiros dias de tratamento. Depois, é possível aumentar para dois comprimidos de 150mg ao dia, com um intervalo de 8 horas.