Lembro da primeira vez que ouvi falar sobre a auto hemoterapia, estava no segundo semestre da faculdade, em 2014. Durante a aula de fisiologia sobre estruturas do sangue, um colega de turma que também era técnico de enfermagem, falou sobre a auto hemoterapia que fazia e aproveitou o espaço para tirar algumas dúvidas com o professor. Aquele assunto me chamou à atenção e comecei a pesquisar por conta própria. No post de hoje vamos saber tudo sobre o assunto e tirarmos nossas próprias conclusões acerca dele. Vale a pena?

Auto hemoterapia

Claro que em 2014 a Auto hemoterapia já não era novidade, muito pelo contrário, os estudos sobre essa – vamos chamar de técnica, mas poderíamos optar por prática também –  já existem há muitos anos. Há muito interesse por parte dos pesquisadores do mundo inteiro em avançar sobre o que já foi descoberto e isso se dá a um fator, nosso sangue é de graça!  É nosso, não dará rejeição e principalmente por que funciona.

Mas será que funciona sempre? Em muitos sintomas de doenças? Funciona por um tempo? O corpo pede cada vez mais quantidades de sangue para a técnica? São essas e muitas outras perguntas sobre a auto hemoterapia que movem os tantos estudos que são feitos em cada universidade que estuda o tema. Ainda há muito por ser descoberto e, isso é ótimo! Significa que cada vez mais avanços são esperados e não retrocessos.

A técnica da auto hemoterapia começou lá em 1913, muito tempo atrás, com pesquisas feitas pelo francês Paul Ravaut. O que encontrei pesquisando sobre ele foi que o assunto interessou a toda comunidade acadêmica e médica da época. Os recursos e pesquisas naquele tempo era bem menores e encontrar benefícios dentro do nosso corpo era algo quase que inacreditável. Essas pesquisas caminhavam lado a lado com os estudos sobre as vacinas, que sabemos, avançaram bastante com o tempo. Hoje temos vacinas pra quase tudo.

Como funciona a Auto hemoterapia

O nome mesmo já diz: Auto, significa que será feito em nós mesmos. Hemo, significa sangue. Terapia, significa que será usado para tratar algo. Nesse caso pode ser um sintoma ou uma doença.  E combinando essas informações entendemos que alguma quantidade específica de sangue será retirada do nosso corpo e reaplicada, como uma vacina, em nossos músculos. Esse sangue que já nos pertencia, tem potencial para ativar nosso sistema imunológico. Esse é o objetivo medicinal dessa terapia, aumentar a capacidade de defesa de nossos corpos. Como muitas doenças aparecem justamente quando estamos com a imunidade baixa, ao aumentá-la, temos inúmeros benefícios bem visíveis.

Porque a Auto hemoterapia é proibida no Brasil?

O Conselho de medicina – tanto federal quanto regionais – prometem caçar os registros profissionais de quem indicar a auto hemoterapia aos seus pacientes. Mesmo com benefícios comprovados por médicos e estudiosos da área. O motivo é o que faz o mundo girar, a indústria farmacêutica visa o lucro e não a cura. Sabemos disso faz tempo, sabemos disso e na verdade podemos fazer muito pouco quando adoecemos. Vamos ao médico e pedimos uma receita de remédio, não é mesmo? Dificilmente algum médico indica um tratamento alternativo, uma terapia que não envolva medicação. Outro ponto dentro desse assunto foi o pronunciamento da  Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia também contra o tratamento, justificando a negativa dizendo que não houve estudos, nem no Brasil, nem no mundo, que provaram a eficiência da auto hemoterapia. Será que não?

Por outro lado, pense que como quem patrocina e incentiva as pesquisas médicas ligadas à cura são os grandes laboratórios farmacêuticos, uma indústria multimilionária já estabelecida, temos um estudo que envolve resistência! Devemos continuar estudando o assunto antes de começarmos a prática. E, claro, não sermos descuidados nem arriscarmos sem conhecimento. Converse com médicos de sua confiança e peça esclarecimentos sobre o seu caso. Se você tem acne, mostre o que já foi descoberto e os casos de regressão dos sintomas com poucas aplicações  e com dosagens de cerca de 5 ml apenas.

Porque fazer Auto hemoterapia

Primeiro porque o procedimento é simples e de fácil entendimento. O sangue é retirado das veias e injetado diretamente no músculo, é feito na maior parte das vezes em aréas grandes e visíveis como o braço ou nádegas. Ao fazer essa rejeição de sangue você aumenta a quantidade de macrofags no seu corpo. Macrofags são as células que reagem aos corpos estranhos no seu sangue e sendo assim elas  circulam constantemente por todos os órgãos com o único objetivo: encontrar e remover elementos indesejados.O procedimento é esse, aumentar a imunidade sem usar medicamentos para esse fim.

Há também a possibilidade de misturar o sangue com remédios homeopáticos e com o ozônio ( com objetivo de oxigenar ainda mais o sangue ). A dosagem e o intervalo dependem das necessidades individuais de cada doença e de cada paciente.

Benefícios da Auto hemoterapia

Através de muitos estudos sobre a Auto hemoterapia foi possível identificar reais benefícios para  doenças como a asma, alergias cutâneas muito incômodas como a psoríase, combate a doenças muito doloridas como a artrite. Doenças do sistema imunológico como  a AIDS e  a doença lúpus foram observadas em tratamentos de longo prazo. Outros casos de doenças muito comuns como o diabetes, o hipotireoidismo, a dermatite e a acne, são os que tem pesquisas mais avançadas e, sim, com os benefícios já comprovados pelos estudos científicos.

Como começar a Auto hemoterapia

Com auxílio de um médico que indique e que cheguem juntos a uma dosagem e intervalo próprias ao seu caso.  Nós aqui do blog desejamos sucesso no seu tratamento e queremos que cada vez mais pessoas atinjam a saúde de forma saudável e com responsabilidade.