b1

Desde que a pílula anticoncepcional passou a ser vendida no mercado, na década de 60, grande parte das mulheres começaram a tomá-la e a ter dúvidas sobre diversos efeitos (bons e ruins) que a medicação tem em nosso organismo.

Com a ajuda de descobertas científicas, alguns mitos foram criados associando à ingestão do comprimido com o aumento de peso, o aparecimento da celulite e a diminuição da libido, por exemplo. Por isso, decidimos explicar melhor o que realmente acontece com o nosso corpo quando tomamos a pílula e esclarecer que ela não faz a gente engordar. Confiram:

Anticoncepcional Engorda? Mitos e verdades

b2

O uso da medicação deve ser feito diariamente, mas a sua compra e escolha devem ser conversadas com um médico. O método de contracepção não é indicado para pacientes com histórico familiar de trombose, risco de câncer de mama, problemas de fígado e vesícula ou para quem sofre de fortes enxaquecas.

Nenhum anticoncepcional efetivamente engorda. O que pode acontecer é uma maior retenção de líquidos de acordo com a dosagem hormonal da pílula. Vale ressaltar que outros métodos contraceptivos como o adesivo, o DIU e a injeção também não causam aumento de peso.

A facilidade de enfrentarmos inchaços ou não pode mudar de mulher para mulher e de medicação para medicação. Já é possível encontrar em farmácias comprimidos diuréticos, sabiam, meninas? As pílulas que devem ter pausas entre as cartelas não podem ser emendadas, pois a quantidade hormonal consumida pode ser muito grande aos ovários, desregulando ciclos posteriores e favorecendo ainda mais a retenção de água no organismo. (Conheça os melhores métodos anticoncepcionais)

A injeção contraceptiva de uso trimestral contém a progesterona que pode ajudar no aumento dos inchaços, da sensibilidade mamária e de sangramentos irregulares. Com o uso prolongado, a mulher pode ficar sem menstruar por mais de 3 meses seguidos, mas sem prejuízos à saúde. Existem dois tipos de pílulas anticoncepcionais. Uma delas tem o estrogênio  e a progesterona, e a outra que contêm apenas o segundo hormônio.  Ambas são bastante eficazes contra a gravidez. Mas, quanto mais hormônios a mulher ingerir, maior será a probabilidade de sofrer com os efeitos colaterais.

Combate aos inchaços da pílula anticoncepcional

b3

O que pode ajudar no combate aos inchaços e outros efeitos colaterais dos anticoncepcionais é a prática de exercícios físicos com regularidade. Basta meia hora de caminhada todos os dias, por exemplo, para aumentar a circulação sanguínea e diminuir a retenção de líquidos!

Gostaram das dicas, meninas? Depois nos contem as suas experiências com o uso das pílulas anticoncepcionais.