A ansiedade é um problema que acomete milhões de pessoas no mundo todo, em maior ou menor intensidade. Ela normalmente provoca um misto de sensações e sentimentos, como aflição, angustia, medo, insegurança e perturbação. Quando os sintomas se tornam intensos, esse mal pode evoluir para um transtorno.

Do ponto de vista médico, a ansiedade pode ser considerada negativa e ao mesmo tempo positiva. Isso mesmo! Quando se manifesta intensamente, ela resulta em prejuízos psíquicos e somáticos. Por outro lado, quando os seus sintomas são leves, ajudam o indivíduo a ficar em estado de alerta e entrar em ação.


Ansiedade

Saiba tudo sobre ansiedade. (Foto: Divulgação)
Saiba tudo sobre ansiedade. (Foto: Divulgação)

Segundo informações do Instituto de Psiquiatria do HC (USP), cerca de 12% dos brasileiros sofrem com algum transtorno de ansiedade. Isso significa que 24 milhões de pessoas no país não são apenas ansiosas, mas sim padecem de ansiedade patológica. Na maioria dos casos, o diagnóstico é desconhecido.

Vários acontecimentos podem elevar a ansiedade ao seu nível máximo, como o desafio de prestar vestibular, o dia do casamento ou mesmo o nascimento de um filho. Situações do cotidiano, diretamente relacionadas ao estresse, também desencadeiam o problema, como uma dificuldade financeira, uma prova na faculdade ou uma apresentação no trabalho.

Sintomas de ansiedade

Todos os seres humanos já se sentiram ansiosos, pelo menos uma vez na vida. A ansiedade é uma reação natural, que acontece nas situações de medo, dúvida ou expectativas. Confira a seguir os principais sintomas de ansiedade:


Excesso de preocupação

Woman in depression on gray background

Quando você se preocupa excessivamente com uma coisa, pode estar sofrendo de ansiedade. Na maioria das vezes, problemas mínimos acabam se transformando em grandes preocupações. O ansioso sempre está aflito com questões relacionadas à família, saúde, dinheiro e trabalho.


Medo exagerado

Muse

Na mente do ansioso, o medo toma proporções gigantescas. Ele precisa conviver com a sensação de que uma coisa ruim vai acontecer a qualquer momento, por isso o receio acaba sendo ativado como um mecanismo de defesa.


Dificuldades para dormir

Ansiedade Sintomas e tratamento 8

A pessoa ansiosa não consegue relaxar ou descansar durante a noite, por isso acaba perdendo o sono. A insônia afeta diretamente o desempenho das atividades durante o dia, afinal, a produtividade cai e a mente passa a ter dificuldades de concentração.


Irritabilidade

Ansiedade Sintomas e tratamento 5

As situações que incomodam podem deixar o indivíduo ansioso bem irritado. Ele perde o controle das suas emoções por causa do nervosismo e pode ter ações impulsivas, como brigar ou xingar.


Falta de controle dos pensamentos

Ansiedade Sintomas e tratamento 4

O ansioso não tem controle sobre o que pensa, por isso pensamentos negativos podem se manifestar com frequência.


Perfeccionismo

Ansiedade Sintomas e tratamento 12

O perfeccionismo também pode ser um sinal de ansiedade. Como a pessoa vive em constante estado de medo e preocupação, ela procura fazer tudo nos mínimos detalhes para não ter problemas ou surpresas desagradáveis. A sua mente não se acalma até atingir aquilo que é considerado perfeito.


Tensão muscular

Ansiedade Sintomas e tratamento 9

Quando a ansiedade caminha para um transtorno, o corpo começa a sentir o impacto. É normal desenvolver tensão muscular, principalmente na região do pescoço e das costas. A pessoa ansiosa é incapaz de relaxar, por isso ela passa a maior parte do tempo tensa e em estado de alerta. Isso resulta em dores constantes e compromete o bem-estar.


Problemas de estômago e intestino

Ansiedade Sintomas e tratamento 10

Outros sintomas físicos podem se manifestar por causa da ansiedade, afinal, esse fenômeno compromete o funcionamento do organismo. Em geral, uma pessoa ansiosa pode sofrer com prisão de ventre, indigestão e dores no estômago.


Cansaço constante

Ansiedade Sintomas e tratamento 3

O cansaço constante, que também é conhecido como fadiga, pode ser desencadeado pela ansiedade. O indivíduo convive com uma constante sensação de desgaste físico e emocional, por isso não tem ânimo ou disposição para as suas atividades diárias. Esse cansaço também pode ter ligação direta com as noites mal dormidas.

Existem muitos outros sintomas de ansiedade, que variam de uma pessoa para a outra. É comum sofrer com tremores, palpitações, suor frio, falta de ar, boca seca, tontura, dores no peito, oscilação de humor e dificuldades de concentração. Falar rápido, balançar as pernas e os braços, roer as unhas e sentir enjoos também são sinais típicos do problema.


Tratamentos para ansiedade

Se você está sofrendo com pelo menos quatro dos sintomas apresentados acima, fique em alerta. Existem formas de controlar e tratar esse mal, evitando assim que ele evolua para um transtorno mais severo. Veja a seguir as formas de tratamento para ansiedade:

Medicamentos

Ansiedade Sintomas e tratamento 6

O tratamento farmacológico é a medida encontrada para amenizar os sintomas do transtorno de ansiedade. Ele deve acontecer sempre com acompanhamento médico, para que o paciente não exagere na dosagem dos medicamentos. Diversos remédios costumam ser receitados para tratar o problema, como é o caso do Clonazepam, Sertralina, Diazepam, Risperidona e Rivotril.


 Psicoterapia

Ansiedade Sintomas e tratamento 7

Além dos medicamentos específicos para ansiedade, também existem os tratamentos psicoterápicos, que ajudam a superar os sintomas leves, intermediários e graves. O portador de ansiedade crônica passa a frequentar sessões de terapia comportamental cognitiva, um método que procura identificar os estímulos que causam medo, expectativa, preocupação e incerteza. Com o tempo, o tratamento busca desenvolver a segurança do paciente e assim reduzir as respostas fóbicas.

Na maioria dos casos, para que o tratamento contra a ansiedade aconteça de forma eficiente, os médicos combinam a medicação com a psicoterapia. Todas as recomendações precisam ser levadas a sério, caso contrário, o paciente pode levar uma vida repleta de medos e acabar sofrendo com o isolamento. Vale ressaltar, ainda, que a ansiedade crônica pode ser um dos primeiros sinais de alguma doença psicológica mais séria, como é o caso da depressão.


Como controlar a ansiedade

Ansiedade Sintomas e tratamento 11

Existem medidas complementares ao tratamento, ou seja, que ajudam a controlar a ansiedade. Você pode:

  • Praticar yoga;
  • Fazer acupuntura;
  • Consumir chás calmantes;
  • Sair com os amigos;
  • Assistir filmes e séries;
  • Ler um livro;
  • Ouvir músicas;
  • Praticar esportes;
  • Tomar banho morno;
  • Receber uma massagem.

O segredo para superar o problema está em viver o presente, sem alimentar expectativas para o futuro ou remoer o que aconteceu no passado. Concentre toda a sua energia no agora! Agora você já conhece os principais sintomas de ansiedade e as formas de tratar o problema definitivamente. Procure um psicólogo ou psiquiatra para conseguir se curar e viver melhor.


 A ansiedade na visão espiritual

Muitas pessoas custam a entender ou não querem entender, mas a ansiedade vem de dentro pra fora e mostra claramente que algo não vai bem com você. Como vai o seu espírito? A sua alma? Este é um alerta de que você precisa buscar o fortalecimento em Deus, ore e peça que o Senhor venha te revestir, te fortalecer e arrancar de ti tudo aquilo que não provém D'ele. Peça paz e tranquilidade, tenho certeza de que será atendido e não há nenhum tratamento mais eficaz do que o agir do Senhor.

Recomendados para você: