dada

Você adora o seu namorado: o jeito dele ser, como ele te trata, os momentos passados juntos, mas não consegue aceitar o fato dele ser extremamente caseiro e nunca querer sair com você ou com os seus amigos. Sempre quando você sugere um barzinho, uma balada ou qualquer outro programa do gênero, ele diz que está cansado, que tem preguiça de enfrentar o trânsito ou que prefere ficar com você, sozinhos, dando desculpas e fugindo das saídas.

Problemas com os amigos

Por mais que ele seja uma pessoa caseira, não é possível que ele sempre queira ficar em casa, não é mesmo? Que tal sentar uma tarde e perguntar os reais motivos do problema? De repente, ele pode não gostar de uma ou outra amiga sua, e por isso querer ficar em casa. Além disso, será que ele mesmo não está deixando os amigos e familiares de lado apenas para ficar com você? Isso não é a melhor formar de viver uma relação, meninas!

casal-conversando-33183

Inconscientemente, quando começamos a namorar, acreditamos que só o nosso amado ou amada nos bastam e que os nossos amigos sempre estarão lá, caso alguma coisa aconteça. Porém, isso não é nem de longe verdade. Os amigos irão se afastar quando notarem que vocês “mudaram” sua personalidade e ações depois do namoro e que não os procuram mais para sair e para se divertir. Porém, vale ressaltar que a família e pessoas queridas são tão importantes na vida de uma pessoa quanto um relacionamento amoroso. Pense nisso!

Converse e evite brigas!

Se ele não gostar de seus amigos, a conversa pode ficar um pouco mais séria. Ele não precisa amar a sua melhor amiga, mas tem que entender que de vez em quando, todos sairão juntos e ele precisara tratá-la com o mínimo de respeito e sociabilidade. Porém, em outros casos, só é necessário ele conhecer mais seus amigos, pois grandes são as chances de todos se darem bem!

Evite também sair apenas com o grupo de amigos dele! Pode parecer normal, mas você precisa ter os seus próprios amigo! Isso porque brigas e desentendimentos irão ocorrer e os amigos dele podem não sabe como agir, qual "lado ficarem" ou quem “protegerem”, deixando você de lado, por exemplo. Outra boa dica é sair com um ou outro amigo, em um jantar intimo, ou em um “double date”. Exposições, shows e peças de teatro podem ser mais formas de vocês saírem de casa, caso ele goste bastante de cultura e artes.

A escolha de ficar em casa pode envolver problemas psicológicos, como a síndrome do pânico, e o medo dele contar aos amigos. Nesses casos, o ideal é procurar ajuda médica, com terapia e/ou medicações específicas. Mas fique tranquila, pois diversas pessoas enfrentam o mal e vivem super bem, com uma vida bastante ativa e agradável.