Como escolher o protetor solar ideal 8

Escolher o protetor solar ideal nem sempre é uma tarefa fácil, afinal, é preciso observar uma série de fatores para conseguir acertar na escolha. A cor da pele, o tipo de pele e a ocasião são alguns pontos que precisam ser levados em conta antes de comprar um produto.

Nos meses de verão, nada melhor do que ir à praia ou praticar um esporte ao ar livre. No entanto, se a aplicação do protetor solar não acontece, a pele pode sofrer com vermelhidão, queimaduras, manchas, sardas e, a longo prazo, câncer.

Proteja a sua pele aplicando o filtro solar correto. (Foto: Divulgação)
Proteja a sua pele aplicando o filtro solar correto. (Foto: Divulgação)

O filtro solar é responsável por criar uma camada protetora na pele, capaz de bloquear os raios ultravioletas do sol e reduzir consideravelmente as chances de lesões e doenças mais sérias. Esse produto também costuma ser um ótimo aliado contra o envelhecimento precoce.

De acordo com informações da Associação Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos, o Brasil consome bastante filtro solar, ou seja, 23% do mercado mundial. O consumo é disseminado, mas a escolha do produto e a forma de aplicação nem sempre acontecem da maneira correta.

Protetor solar para cada cor de pele

Antes de escolher o protetor solar, é essencial observar as características da sua pele. Veja a seguir os produtos indicados:

Pele muito branca

A pele muito branca é aquela que não fica bronzeada quando submetida à exposição solar. Na verdade, ela fica avermelhada e pode desenvolver sardas quando não recebe a camada protetora adequada. Os especialistas recomendam usar FPS entre 50 e 60.

Como escolher o protetor solar ideal 2

Pele morena clara

Esse tipo de pele é típico das mulheres com cabelo castanho escuro. Após a exposição solar, não há vermelhidão na cútis e sim um bronzeado bem bonito. Nos primeiros dias de sol, o recomendado é usar FPS 45 a FPS 60. Depois, já é possível aplicar um produto com fator de proteção de 30.

Pele morena jambo

O termo “morena jambo” foi criado para definir uma pele bem morena, mas que não chega a ser negra. Por mais que a cútis seja resistente, o ideal é usar FPS 30 para manter a saúde e prevenir o envelhecimento precoce.

Pele negra

A pele negra é bem resistente e não corre o risco de sofrer queimaduras. Mesmo assim, ela precisa de um protetor solar com FPS entre 30 e 15, a fim de minimizar o risco de câncer.

praia-6

Protetor solar para cada tipo de pele

Antes de escolher o protetor solar, é fundamental observar o tipo de pele. Uma escolha errada pode resultar em acnes e coceira. Veja a seguir qual produto combina mais com as suas necessidades:

Pele normal

Se a sua pele é normal, então aqui vai uma dica preciosa: use protetor solar em spray, ao invés do tradicional creme. Esse tipo de produto costuma ser mais resistente à água e ao sol.

Como escolher o protetor solar ideal 3

Pele oleosa

A pele oleosa possui mais óleo do que o normal, por isso o protetor precisa ter uma consistência leve e fluída. As versões em mousse, sérum e gel são as mais recomendadas. Ao comprar um produto, verifique na embalagem se há termos como “oil free”, “controle de oleosidade” ou “toque seco”.

Pele seca

A pele naturalmente seca pede um produto cremoso, como é o caso do filtro solar em creme ou emulsão. Esse produto, no entanto, não substitui o creme hidratante, que deve ser aplicado 30 minutos antes do filtro solar.

Pele sensível

A pele sensível é aquela que, facilmente, sofre com irritação, coceira e desconforto. Para não prejudicá-la, o ideal é escolher um protetor gel-creme, pois ele possui óleos bem mais leves.

Dicas para escolher o protetor solar

Como escolher o protetor solar ideal 4

O Muito Chique selecionou algumas dicas essenciais para que você consiga escolher o protetor solar ideal. Confira:

O FPS correto

Ao escolher um protetor solar, é muito importante ficar de olho no fator de proteção. O FPS precisa ser condizente com as necessidades da sua pele. Uma mulata, por exemplo, pode aplicar filtro com fator 20 sem problemas, quanto uma mulher com pele bem branquinha não pode escolher produtos abaixo de FPS 30.

Considere a ocasião

Muitas pessoas se esquecem de que cada ocasião pede um tipo de filtro solar. Ou seja, o produto usado no dia-a-dia nem sempre funciona para um dia quente de praia e vice-versa. Para não cometer erros na escolha do protetor, é muito importante considerar as necessidades de cada ocasião.

Como escolher o protetor solar ideal 7

Quantidade correta

O protetor solar deve ser aplicado principalmente nas áreas expostas, como é o caso dos braços e do rosto. Se a exposição ao sol for intencional (como acontece na praia e na piscina), o ideal é aplicar duas camadas generosas por todo o corpo, inclusive em regiões como pescoço e pés.

Pouca gente sabe, mas os especialistas já determinaram uma quantidade correta de filtro solar para garantir uma proteção perfeita. No rosto, o ideal é passar uma colher de café cheia. Já no corpo, a medida recomendada é seis colheres de chá (considerando uma pessoa com 1,70 m de altura). Essa regra existe, mas a quantidade usada de protetor é sempre inferior do que o necessário.

Como escolher o protetor solar ideal 5

Aplicação certa

Uma camada de filtro solar não é suficiente para suportar um dia todo de sol. O ideal é fazer a reaplicação a cada duas horas, principalmente se você está na praia ou piscina. Vale ressaltar que, ao aplicar o produto pela primeira vez, é muito importante esperar meia hora antes de se submeter à exposição solar.

Na hora de aplicar o filtro solar em creme, é fundamental espalhar bem o produto, utilizando movimentos circulares. Já a versão em gel deve ser aplicada sem fazer círculos com as mãos, ou seja, é preciso seguir um sentido único. No caso do spray, vale à pena investir em uma “borrifada” generosa em cada parte do corpo, mas sem usar as mãos para espalhar.

Busque outras formas de proteção

Suntan lotion, straw hat at the beach

Além de usar filtro solar, também é muito importante buscar outras formas de proteção. Portanto, em um dia de sol quente, não se esqueça de usar chapéu, óculos escuro, protetor labial e camiseta de poliéster. É fundamental, ainda, prestar atenção nos horários de exposição: evite se expor ao sol entre as 10h e 16h, pois é nesse meio tempo que acontece a maior emissão de raios ultravioletas.

E aí? Já sabe qual protetor solar você vai escolher? Siga as nossas dicas e com certeza a sua pele ficará protegida por todo o verão.