Tudo sobre hidroquinona 1

Saiba tudo sobre hidroquinona, um produto que promete acabar de uma vez por todas com as manchas da pele. Mas, será que vale a pena optar por esse tratamento? Os riscos valem a pena? Hoje vamos esclarecer estas e outras dúvidas para você.

Toda mulher que se preza tem uma rotina de cuidados com a pele, que envolve o uso de cremes hidratantes, esfoliantes, anti-idade, entre outros produtos. No entanto, quando os cosméticos não conseguem dar conta, é preciso recorrer à um tratamento estético mais intenso, como é o caso do uso de hidroquinona.

Sua pele está manchada? A Hidroquinona pode resolver. (Foto: Divulgação)
Sua pele está manchada? A Hidroquinona pode resolver. (Foto: Divulgação)

Hidroquinona

A hidroquinona se encarrega de clarear as manchas escuras da pele. Ela funciona, na verdade, como um composto orgânico que realiza uma espécie de despigmentação da cútis. Em outras palavras, o tratamento inibe a produção de melanina e evita o acúmulo dessas células. Para quem tem a pele manchada por causa do excesso de sol e acnes, a hidroquinona se revela uma boa opção.

Muitos dermatologistas discutem a eficácia da hidroquinona para combater manchas de pele, afinal, quando os produtos à base desse composto são usados de forma inadequada, eles podem desencadear efeitos colaterais.

Um dos seus nomes comerciais é Clariderm
Um dos seus nomes comerciais é Clariderm. (Foto: Divulgação)

Hidroquinona para manchas na pele

Também conhecida pelo nome comercial Clariderm, a hidroquinona é um dos despigmentadores tópicos mais vendidos do Brasil. O produto pode ser encontrado facilmente nas farmácias. Pesquisamos e não há dúvida nenhuma de que o preço mais barato é na farmácia Onofre.

comprar

Como usar hidroquinona?

À noite, você deve lavar bem o rosto com sabonete neutro e enxaguar a pele. Em seguida, aplique uma pequena quantidade do creme dermatológico (equivalente a uma ervilha) nas suas manchas escuras, de preferência meia hora antes de se deitar. É importante tomar cuidado para não exagerar na aplicação. O produto deve desaparecer e não deixar a sua pele branca. Na hora de espalhar o produto no rosto, é recomendado evitar algumas regiões mais sensíveis, como os olhos, os cantos do nariz e a boca. A mesma recomendação vale para as áreas lesionadas da sua pele (uma espinha inflamada, por exemplo). Pela manhã, lave o rosto novamente para remover a hidroquinona. Depois, aplique um pouco de creme hidratante para evitar o ressecamento. Também é recomendado usar protetor solar com fator de proteção 30 ou mais.

Efeitos colaterais da Hidroquinona

A hidroquinona, quando usada de forma inadequada, pode causar hipersensibilidade na pele à luz solar. Ou seja, se você tomar sol depois de uma aplicação, novas manchas podem acabar surgindo. Outros efeitos colaterais do creme dermatológico são: ressecamento, coceira e vermelhidão.

Em casos de irritação ou ressecamento, aplique Bepantol. (Foto: Divulgação)
Em casos de irritação ou ressecamento, aplique Bepantol. (Foto: Divulgação)

Cuidado com a hidroquinona

Se o creme de hidroquinona “queimar” o seu rosto, não se desespere. O ideal é procurar a ajuda de um dermatologista para entender o problema e encontrar uma solução. Para aliviar a vermelhidão, você pode aplicar compressas de chá gelado de camomila. Outra alternativa excelente é a pomada Vitanol. Além dela, a aplicação da pomada Bepantol também é recomendada, afinal, ela tem ação cicatrizante e alivia a irritação.