clareadores-da-pele

O ácido retinoico e glicólico são dois produtos capazes de acabar com as manchas de pele. Eles deixam a cútis com uma aparência mais bonita, combatem o envelhecimento, melhoram o viço e intensificam a maciez. Os ácidos são substâncias fundamentais nas fórmulas de cosméticos e nos tratamentos estéticos.

Eles possuem um pH bem próximo ao da pele, por isso garantem uma série de benefícios que nenhum outro componente é capaz de oferecer da mesma forma! Vamos conhecer um pouco mais sobre as maravilhas que os ácidos podem fazer? Vem comigo!

Ácidos para Manchas na Pele

As manchas de pele são marcas que interferem na aparência feminina. Elas podem aparecer por causa do sol, da gravidez ou mesmo em virtude de uma dermatite. Para minimizar o problema, dois tipos de ácido podem ser usados: retinoico e glicólico.

Os ácidos prometem acabar com as manchas do rosto. (Foto: Divulgação)
Os ácidos prometem acabar com as manchas do rosto. (Foto: Divulgação)

Ácido glicólico

O ácido glicólico deixa a pele mais bonita porque promove a renovação celular e estimula o colágeno. Este ácido é normalmente indicado pelos dermatologistas com o objetivo de reverter rugas e sinais de envelhecimento da pele, tornando a pele mais fina, além de recuperar o brilho natural da pele. O ácido glicólico também é responsável por neutralizar marcas e cicatrizes causadas pela acne e também potencializa o desaparecimento das manchas. Em pouco tempo de uso, já é possível perceber uma renovação celular, uma pele mais bonita e mais saudável.

Além de ser usado para acabar com marcas e manchas na pele, o ácido glicóico também é uma grande aposta para combater marcas de estrias. Encontrado em dermocosméticos, o ácido glicólico tem uma ação bem menos irritante do que o ácido retinoico. Ele também está presente em maiores concentrações das fórmulas manipuladas e peelings.

O ácido glicólico puro é muito forte e extremamente ácido, sua acidez (ph) chega em torno de 1,0. Isso significado que ele precisa ser diluído para o uso, caso contrário pode causar estragos na sua pele.

Apesar do ácido glicólico ter uma menor estrutura molecular se comparado à outros ácidos, é importante saber que no início do tratamento ele pode deixar a pele um pouco avermelhada e por ser um ácido um pouco mais fraco, ele não descama a pele. Mesmo não descamando, o resultado é ótimo.

O ácido glicólico é encontrado em cosméticos. (Foto: Divulgação)
O ácido glicólico é encontrado em cosméticos. (Foto: Divulgação)

Ácido Glicólico e Filtro Solar

É fundamental o uso do filtro solar durante o tratamento com ácidos na pele. (…Na verdade o filtro é fundamental sempre, ok? ) Mas durante o tratamento com qualquer tipo de ácido, o uso de um bom filtro é obrigatório! Use e abuse. Não deixe de usar, pois a pele fica muito mais sensível e se não usar o filtro, a pele mancha MESMO!

Onde Comprar ácido Glicólico?

Na internet é possível encontrar inúmeros produtos à base de ácido glicólico, por exemplo, na loja virtual da ADCOS tem um produto chamado Neoderm Complex que é a base de ácido glicólico e niacinamida. Ele melhora bastante a textura da pele, devolve o brilho natural, afina e revitaliza a pele.

Ácido Retinoico

O ácido retinoico tem a função de renovar as células, revitalizando a pele ao estimular a produção de colágeno e fechar os poros. Esta substância tem uma ação mais potente do que o ácido glicólico e se destaca como um importante ativo contra o envelhecimento da pele.

Com resultados mais completos do que o ácido glicólico, o ácido retinoico não acaba apenas com as manchas, mas também minimiza as rugas, aumenta a firmeza da pele, combate as marcas de expressão e melhora a textura da pele em geral. O ácido retinoico costuma marcar presença nas fórmulas de clareadores e peelings, mas também pode ser encontrado de maneira mais concentrada nas fórmulas manipuladas.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) classifica o ácido retinoico como um medicamento, por isso o seu uso é controlado. Para desfrutar dos benefícios desta substância, é necessário procurar um consultório ou apresentar receita médica para comprar uma fórmula manipulada. O ácido retinoico é um metabólico natural da vitamina A, ou seja, é a vitamina A ácida. O efeito da vitamina A na pele, aumenta a capacidade de renovação e não deixa a acne não consegue progredir.

Propriedades do Ácido Retinoico

O ácido retinoico oferece muitos benefícios para a pele, como por exemplo, suaviza rugas e marcas de envelhecimento, melhora a qualidade do colágeno e potencializa a firmeza da pele. É considerado um dos melhores no combate ao envelhecimento da pele. Clareia manchas da pele e melhora a textura, deixando a pele mais lisa e fina. Controla a oleosidade e não deixa a acne se desenvolver.

O ácido retinoico age de forma mais intensa na pele. (Foto: Divulgação)
O ácido retinoico age de forma mais intensa na pele. (Foto: Divulgação)

Um outro benefício que o ácido retinoico oferece, é deixar a pele preparada para receber outros procedimentos e tratamentos faciais, resultando em um efeito bem melhor. O ácido retinoico deve ser usado com muito cuidado, caso contrário, pode deixar a pele ressecada, sensível, avermelhada e com descamações. Por isso é imprescindível usá-lo de forma correta: Nunca, em hipótese alguma, use o ácido retinoico durante o dia, ok?

Use somente à noite, antes de dormir. No início do tratamento não é indicado usar todos os dias. Intercale. Use um dia e dê uma pausa de dois dias. Depois de um tempo, intercale dia sim, dia não. E depois que a pele estiver mais acostumada com os efeitos do ácido, daí poderá usar todos os dias.

Mas é importantíssimo dar um descanso para a pele, ok? A pele também precisa de uma folga, precisa respirar. Então vez ou outra, fique sem usar o ácido e use um hidratante levinho, sem nada de ácido na composição, desta forma vai hidratar, sem agredir. Mas obviamente cada caso é um caso, né? Somente o médico dermatologista poderá dizer quantas vezes na semana você deve usar o ácido e de que forma usar.

Como usar os ácidos na pele

Tanto o ácido retinoico, quanto o glicólico, quanto qualquer outro, deve ser aplicado somente uma fina camada, bem levinha, o suficiente para cobrir a pele sem exagerar, ok? A quantidade deve ser bem pequena. Essa é uma dica que deve ser realmente seguida para obter bons resultados.

Lembre-se: Vai escamar? Provavelmente sim. Vai ficar vermelho? Provavelmente também. É uma coisa nova para a sua pele, então é normal. Não desista do tratamento, os resultados são realmente incríveis.

Onde Comprar Ácido Retinoico?

Antes de tudo, é fundamental a orientação de um profissional, ok? O ácido Retinoico pode ser encontrado nas farmácias, o produto pronto ou também pode ser manipulado. Um dos produtos que é vendido na farmácia e não precisa de receita médica é o Vitanol A. Ele tem concentrações diferentes e é vendido em gel ou creme. Lembrando que na sua versão em gel, ele contém álcool, por isso pode ocasionar ardência na pele.

O mais indicado é o Vitanol em creme, principalmente para peles sensíveis, além de ser mais fácil de espalhar o produto, ele não têm essa ardência que o vitanol em gel provoca.

Uso do Filtro Solar

Se você estiver usando o ácido retinoico ou pretendo usar, é preciso saber também que o uso de um excelente filtro solar é obrigatório. Sim, obrigatório mesmo. O não uso de filtro solar durante o tratamento com o ácido é um verdadeiro tiro no pé.

filtro-solar-de-alta-proteção-uva
O uso do filtro solar é um dos principais fatores para obter sucesso no clareamento de manchas na pele.

Se não usar o filtro solar sagradamente todos os dias (isso inclui dias nublados e dias de chuva também!) vai ocorrer o efeito inverso: A pele vai ficar ainda mais manchada e a situação vai agravar. Mesmo que não esteja fazendo o tratamento com ácidos, é fundamental o uso de um bom filtro solar. (Na imagem acima, mostramos excelentes opções de marcas de filtro solar com alta proteção UVA.)

Os poderes dos ácidos na pele

Os tratamentos de pele feitos com ácidos são capazes de clarear, combater a oleosidade, prevenir envelhecimento e promover uma hidratação profunda. Alguns produtos, com grande concentração de ácidos, são capazes de acabar até mesmo com as manchas de pele mais resistentes.

Além do Retinoico e Glicólico, outros ácidos também são usados para tratar a pele, como é o caso do Hialurônico, Salicílico, Kójico e Ferúlico.

Outros Clareadores da Pele

Encontramos uma compilação dos melhores clareadores da pele, eleitos pela Revista Boa Forma. Vamos conferir a listinha?

pele-sem-manchas-produtos-clareadores
Existem muitos clareadores da pele no mercado que proporcionam ótimos resultados. (Foto: Divulgação)

1.Clarité Face FPS 20, Dermage, 89,90 reais (30 ml). Um mix de ácidos mais arbutin e nicotinamida agem de maneira sinérgica para clarear a pele.

2.Melan-Off Clareador, Adcos, 117 reais (30 ml). Contém hexylresorcinol e ácido ferúlico, que fazem uma esfoliação, reduzindo o pigmento.

3.Melani D, La Roche-Posay, 142,90 reais (30 ml). A associação do ácido kójico com o filtro solar Mexoryl Xl deixa o tom de pele mais uniforme.

4.Clairial C10 SVR, FQM Derma, 120 reais (50 ml). Com vitamina C, esse lançamento traz ainda ácido kójico para bloquear a produção excessiva de melanina.

5.Gel Creme Despigmentante Blancy, Mantecorp, 83 reais (20 ml). Contém ácido kójico, alfa-arbutin e acromaxyl, ativo botânico clareador.

6.NeoStrata Gel Clareador, Melora, 173 reais (40 ml). Com ácidos kójico, glicólico e lático, vitamina C e gluconolactona, um esfoliante suave. Em gel, ideal para pele oleosa.

7.Clarifiant, RoC , 99 reais (40 ml). Conta com a niacimida, uma substância com ação despigmentante muito eficiente e que não causa irritação. A soja também ajuda no clareamento.