vestido-tubinho

Se tratando de clássicos da moda, o vestido tipo tubinho não pode deixar de ser lembrado como um coringa no guarda-roupa de uma mulher, independente da idade.

Ele consegue exaltar as curvas femininas, de forma discreta e sensual, sem precisar mostrar muito, como acontece com as “bandage dress”. Ao equilibrar a silhueta feminina, o vestido também consegue ser simples, com o corte reto, o que emagrece o corpo e o deixa muito mais elegante.

Como usar?

Esse tipo de peça pode cair muito bem no trabalho, em uma saída com amigos, em festas, casamentos e jantares.  Tudo irá depender do estilo e dos acessórios usados. Normalmente, os modelos mais simples, como os do tipo body, os tomara que caia, de frente única, com mangas, longo ou curto são os mais populares.

Trend Color Blocking

Uma das novas tendências para 2014 é a Trend Color Blocking (bloco de cores) – combinação feita com duas ou mais cores em diversos tipos de conjuntos e looks.

c9

No vestido tubinho, ela se encontra em forma de recortes na parte superior, inferior ou lateral da peça, deixando-a ultra colorida e divertida. Os sapatos e acessórios devem ser brilhantes e/ou discretos para harmonizar os contrastes e as cores da combinação.

Vestidos tubinho X Silhueta: tome cuidado!

Meninas gordinhas devem comprar modelos de tubinho mais soltos e com tecidos como o linho, o veludo de seda, o tafetá, o jeans e o brim, investindo nas cores escuras.O mesmo pode ser feito com as mulheres que têm quadris largos e coxas grossas.

c4

Já o comprimento deve estar na altura dos joelhos para alongar e afinar a silhueta. Modelos de vestidos sem alças são feitos para mulheres baixinhas, com pouco busto, pois valorizam o colo.O comprimento deles deve ser na altura dos joelhos ou um pouco acima deles. Nos pés, coloque calçados com saltos, para alongar o corpo e deixar as pernas finas e longas.

Estampas e cortes

Cores claras e brilhantes ou estampas grandes engordam, garotas. Dessa forma, procure tons de preto, de vermelho escuro, de vinho, tons de marrom e estampas pequenas para o look não ficar com muitas informações e exagerado.

Tubinhos justos pedem saltos altos ou médios. Os acessórios podem variar entre colares de pérolas, maxicolares coloridos e luxuosos, coletes, boleros e blazers que irão combinar com os sapatos ou sandálias.

montagem_marina vestido-tubinho-5

Em dias casuais e de trabalho, vá com modelos básico, retos e secos. Guarde os vestidos drapeados, com babados e brilhos para ocasiões especiais e noturnas. Você pode escolher um vestido tubinho mais esportivo para o dia e outro mais chique para uma noite de festa. O que vale é brilhar sem perder o charme, a graça e a sofisticação!

Gostaram das dicas? Quais modelos de vestidos vocês gostaram mais? Não deixem de comentar!