bolsas-victor-hugo-02

Uma das marcas registradas a respeito da mulher é a mania de carregar coisas e normalmente não é pouca coisa não: dinheiro, documentos, espelho, maquiagem, agenda e tantas coisas que julgamos precisar no nosso dia a dia. Com isso, a bolsa ganha uma super

importância na vida de todos nós, ganhando até mesmo moda própria.

Se você é uma dessas viciadas em bolsa, certamente deve ouvir falar da grife Victor Hugo, que é referência no assunto e dita moda desde 1970.

E claro, que se você deseja saber mais sobre o que estará nas ruas, também precisa saber informações sobre a coleção Victor Hugo 2013.

Tendências da Coleção Victor Hugo 2013

Para quem não gosta de coisas básicas, as tendências para as bolsas Victor Hugo serão um prato cheio: estampas em animal print com cores fortes e brilhos ganham espaço nas vitrines da grife, assim como paetês, rendas, lã, lycra, tachas e correntes.

Cores como blush pink e acqua surgem assim como também itens mais discretos como preto e branco. E claro, tudo isso unindo a criatividade e modernidade a muito bom gosto.

As bolsas Victor Hugo também estão disponíveis em todos os tamanhos e gostos, indo desde o modelo Clutch até as Maxi Bolsas, indo bem tanto sendo usadas durante o dia quanto a noite, desde que se tenha o bom senso na hora de escolher os elementos que comporão o look.

A única coisa na qual talvez ela não seja democrática assim é o preço: sendo uma grife famosa, suas bolsas facilmente ultrapassam os R$ 500, sendo assim para a maioria dos mortais um tremendo investimento ou um sonho de consumo um pouco longe de alcance.

Quem deseja comprar uma bolsa Victor Hugo pode acessar o site http://www.victorhugo.com.br/ para conferir os endereços das boutiques e outros estabelecimentos físicos autorizados a vender o produto.

As bolsas também podem ser encontradas em sites para compras online, tanto em lojas consolidadas quanto em sites como o Mercado Livre.

Neste caso porém convém prestar atenção a respeito da credibilidade do revendedor assim como a procedência da mercadoria, evitando assim problemas como falta de entrega, produtos falsificados ou de má qualidade.